As grandes empresas de tecnologia Apple e Microsoft estão aprimorando seu conjunto de ferramentas para desenvolvedores de blockchain. Enquanto a Apple está pronta para anunciar o CryptoKit, um framework para funções criptográficas, a Microsoft está desenvolvendo uma ferramenta de auditoria de contrato inteligente.

O Apple CryptoKit será um novo framework para operações “seguras e eficientes”. Ele permitirá que os desenvolvedores realizem tarefas comuns, como hashing, geração de chaves e criptografia, nos próximos aplicativos do iOS 13.

O CryptoKit tem como objetivo facilitar o processo de seguir as operações:

  • Computar e comparar compilados criptograficamente seguros.
  • Usar criptomoeda de chave pública para criar e avaliar assinaturas digitais, bem como realizar trocas de chaves.
  • Gerar chaves simétricas para operações como criptografia e autenticação de mensagens.

Tal funcionalidade permitirá que os usuários da Apple armazenem e mantenham suas chaves privadas em dispositivos iOS como o iPhone.

Enquanto isso, a Microsoft anunciou uma ferramenta de auditoria de contratos inteligentes com tecnologia Azure Blockchain, tecnologia já usada pelo Starbucks, para a Ethereum, chamada VeriSol. A VeriSol se trata de um verificador da linguagem de programação Solidity. O software simplifica o processo de auditoria de código com verificações de segurança automatizadas.

“O VeriSol nos permite iterar mais rapidamente por causa da verificação automática e contínua, e nos permite capturar erros mais rapidamente sem ter que nos preocupar com os possíveis clientes”, disse Cody Born, engenheiro do Azure Blockchain, em um post da Microsoft.

A verificação formal de contrato inteligente tem sido frequentemente um problema ao criar componentes de hardware e software e requer indivíduos altamente qualificados para a tarefa.

“O uso de verificação formal para software de produção requer indivíduos qualificados em linguagens e ferramentas formais altamente especializadas, o que impõe às equipes de desenvolvimento um alto custo de aprendizado e muitas vezes vários anos de investimento para dividir a tarefa altamente sofisticada de verificação naquelas que podem ser descarregado mecanicamente pelas ferramentas de verificação”, explicou o pesquisador da Microsoft Shuvendu Lahiri.

A equipe espera que ferramentas como a VeriSol ajudem os desenvolvedores a evitar erros dispendiosos em contratos inteligentes. Embora o VeriSol ainda seja apenas um protótipo, ele é totalmente de código aberto, então todos os curiosos podem inspecioná-lo no GitHub.

Movimentos como esse só provam o crescente entusiasmo dos gigantes da tecnologia por sistemas baseados em blockchain. Empresas como Facebook e JPMorgan já estão desenvolvendo seus serviços nativos baseados em blockchain também. Enquanto em Maio, a Microsoft também anunciou que lançará a ION (Identity Overlay Network), uma infraestrutura pública descentralizada que funciona diretamente sobre o blockchain do Bitcoin, possibilitando dezenas de milhares de operações por segundo.

No entanto, um relatório recente do pesquisador Gartner afirma que 90% das soluções de plataforma de blockchain de negócios já implementadas “exigirão a substituição dentro de 18 meses para permanecerem competitivas, seguras e evitarem a obsolescência”.

Fonte: Cryptonews

Entenda sobre a tecnologia usada pelas duas empresas: