Depois de relembrar seus pensamentos sobre criptomoedas no início deste ano, Jack Dorsey, o atual CEO do Twitter, chegou às manchetes quando declarou no podcast do comentarista de MMA Joe Rogan que o Bitcoin deveria ser a moeda global da internet. Desde então, ele tem revelado lentamente seu envolvimento em tecnologias de contabilidade distribuída.

Dorsey é um investidor do Lightning Labs, que cria soluções de dimensionamento de segunda camada além da rede bitcoin. Ele também é fã do Tippin, uma extensão para browsers com tecnologia do Lightning Labs que permite aos usuários enviar micro-pagamentos entre si pelo Twitter. Na semana passada ele saiu novamente em favor do Bitcoin. Em entrevista ao Quartz, ele deu quatro razões pelas quais ele acha que a moeda está preparada para se tornar a reserva de valor da internet.

A primeira razão, explicou Dorsey, está no poder da marca. O Bitcoin tornou-se um termo genérico para blockchain e criptomoeda para o público em geral – o Daily Mail do Reino Unido descreveu recentemente a moeda iminente do Facebook como sua própria versão do Bitcoin, o que definitivamente não é.

Em segundo lugar, ele destacou os elevados ideais estabelecidos no white paper pelo inventor com o pseudônimo Satoshi Nakamoto.

“A outra coisa que acho que provavelmente torna o candidato mais forte é que os princípios por trás disso são muito puros. A criação foi muito pura e focada em um bem público, em vez de qualquer outra agenda em particular”, disse ele.

Dorsey também é uma grande fã da economia deflacionária do Bitcoin. Porque apenas uma certa quantia será criada, ela tem uma taxa fixa de inflação que é previamente conhecida. “Por ser um recurso escasso”, diz Dorsey, “tem uma probabilidade de sempre aumentar em valor, o que faz com que você considere muito mais como você o gasta”.

Finalmente, Dorsey apontou para a segurança da rede Bitcoin.

“Ela tem 10 anos agora, por isso foi testada ao longo desses 10 anos, em todas as dimensões, desde ameaças de segurança, a governos, forks, agendas de mineradoras e nações nefastas, e é resiliente a todas essas ameaças e desafios. E resiliência é muito valiosa”.

Com hacks nas exchanges, ataque de 51% e toda uma série de outras maneiras diabólicas de atacar criptomoedas crescendo a cada dia, ele pode ter razão.

Fonte: Decrypt