A Coinbase está entre as várias empresas de criptomoedas capazes de detectar e bloquear uma tentativa de invasão, de acordo com reportes.

Acredita-se que os invasores tenham explorado um bug do Firefox para direcionar os funcionários da Coinbase remotamente.

“Se bem-sucedido, um hacker poderia ter obtido acesso à rede back-end da Coinbase e usado esse acesso para roubar fundos – uma tática que já foi usada várias vezes no passado e levou a perdas gigantescas em muitas exchanges antes”, o relatório observou.

O chefe de segurança da Coinbase, Philip Martin, foi ao Twitter ontem para compartilhar mais detalhes sobre como a exchange lidou com o ataque.

“[Nós] separamos o malware e a infra usada no ataque e estamos trabalhando com várias [organizações] para continuar a queimar a infraestrutura do invasor e a atacar o invasor envolvido”, disse ele.

Martin também reiterou que eles “não viram nenhuma evidência de exploração visando clientes”, apenas funcionários.

Fonte: The Block Crypto