O provedor de dados de criptomoeda CoinMarketCap excluiu os preços de Bitcoin fornecidos pela problemática exchange Bitfinex de seu cálculo de média ponderada. Agora, ao verificar dados BTC/USD no CoinMarketCap, ele mostra uma marca de asterisco único para o preço do Bitfinex, com a mensagem na parte inferior “Preço excluído”.

Nesse momento, o Bitcoin está sendo negociado a um prêmio de mais de US$ 300 na Bitfinex, em comparação com outras grandes exchanges. Por exemplo, na Coinbase e na Gemini, o preço está em torno de US$ 5.650, enquanto na Bitfinex está em torno de US$ 5.985.

Em sua descrição, a CoinMarketCap declara as condições para tais exclusões dizendo:

O preço de qualquer criptomoeda é uma média ponderada pelo volume dos preços do par de mercado (1) para a criptomoeda. … Alguns preços são manualmente excluídos da média, denotados por um asterisco (*) na aba de mercados, se o preço não parecer indicativo de um preço de mercado livre; por exemplo, quando uma exchange desativa saques ou depósitos, ou as condições regulatórias tornam impossível para qualquer pessoa fora de uma determinada região geográfica comprar moedas. Alguns preços também são automaticamente excluídos quando nossos algoritmos detectam que o preço informado é um significativa discrepância quando comparado a outros pares de mercado para a mesma criptomoeda, denotada por três asteriscos (***) na guia de mercado.

A exclusão dos cálculos do CoinMarketCap ocorreu pois a Bitfinex continua sendo alvo de controvérsias. No final do mês passado, o procurador-geral de Nova York alegou que a exchange, que compartilhava a administração e proprietários da Tether, perdeu US$ 850 milhões de fundos corporativos e de clientes e subsequentemente usou um empréstimo das reservas da Tether para cobrir secretamente o déficit. A Bitfinex afirmou mais tarde que os fundos haviam sido “apreendidos” por várias autoridades e que estava trabalhando para recuperar os fundos. A Bitfinex lançou agora o que é chamado de oferta inicial de exchange (IEO) para levantar até US$ 1 bilhão através de uma venda de tokens. Embora um white paper oficial para a oferta ainda não tenha saído, o acionista da Bitfinex Dong Zhao já começou a aceitar encomendas de usuários que desejam participar da venda.

Em janeiro, a Bitfinex e a Tether foram intimadas pela Comissão de Negociação de Futuros de Commodities dos EUA, embora o regulador não tenha declarado publicamente o motivo. O CoinMarketCap alterou anteriormente a forma como usava dados da Bitfinex em resposta a um relatório da CoinDesk que apontou que um par de negociação mostrado no CoinMarketCap – aparentemente para negócios entre a stablecoin Tether (USDT) e dólares americanos – não representava, de fato, um par disponível para negociação no Bitfinex. Em resposta, CoinMarketCap disse que estava excluindo esse par de seus dados de volume. O provedor de dados também formou uma nova aliança na semana passada, chamada Data Accountability & Transparency Alliance (DATA), com a Bitfinex e outras exchanges, a fim de lidar com as preocupações com o relatório de dados de criptomoeda.

Fonte: Coindesk