Especula-se que o aumento tem sua principal causa nas incertezas sobre a aprovação da reforma da previdência.
A cotação chegou a R$ 3,96, recorde nesse ano.
IBOVESPA opera em baixa (-2,47%.)