A exchange japonesa Bitpoint anunciou que foi hackeada, perdendo cerca de 3,5 bilhões de ienes (US$ 32 milhões) em criptomoedas.

Os fundos foram roubados de “carteiras quentes”, e de 3,5 bilhões de ienes, cerca de 2,5 bilhões de ienes pertenciam a clientes, e o restante para a própria exchange, de acordo com o anúncio.

Bitpoint disse que identificou “uma saída não autorizada de moeda virtual” na noite passada e imediatamente suspendeu todos os seus serviços. A exchange oferece negociação em cinco moedas criptomoedas – Bitcoin (BTC), Bitcoin cash (BCH), Ether (ETH), Litecoin (LTC) e XRP.

“Estamos trabalhando duro para descobrir a causa, identificar o fluxo de saída e minimizar os danos”, acrescentou.

No mês passado, a Bitrue, uma exchange em Cingapura, sofreu uma invasão, tendo cerca de US$ 4,3 milhões em tokens de XRP e Cardano (ADA) roubados.

O hack da Bitpoint marca a sexta brecha deste ano, como no caso da Binance. O montante total roubado das exchanges até agora chega a quase US$ 1,39 bilhão.

Fonte The Block Crypto