A Gemini, exchange dos irmãos Winklevoss, e a Flexa, a rede de pagamentos em criptomoedas, se uniram para efetuar pagamentos com criptomoedas, de acordo com um comunicado de imprensa. Com o uso do aplicativo Spend, as pessoas agora podem pagar por uma grande variedade de produtos usando quatro criptomoedas – dólares Gemini, Bitcoin, Ether e Bitcoin Cash.

Como resultado da parceria, grandes varejistas, incluindo a Whole Foods da Amazon, que já se beneficia do uso da Moon, a Barnes & Noble e a Crate and Barrel, aceitarão pagamentos com criptomoedas a partir de hoje. De acordo com a Fortune, a Starbucks também fez uma parceria com a Flexa, ainda que não oficialmente. Curiosamente, a gigante do café deveria introduzir uma solução de pagamento em criptomoedas na loja criada pela Bakkt.

Os pagamentos são bem diretos e não exigem que as lojas adotem novas tecnologias. Depois de completar a carteira Spend, o cliente digitaliza o código de barras do aplicativo no registro para efetuar um pagamento. A Flexa converte a criptomoeda escolhida pelo cliente para dólares americanos em tempo real. A Gemini também oferece serviços de custódia para usuários Flexa.

“A Flexa tem o potencial de transformar o setor de pagamentos, fornecendo casos de uso diário para gastar suas criptomoedas, o que não é uma realidade prática até agora”, escreveu Tyler Winklevoss, CEO da Gemini, em um post do Medium. De acordo com Winklevoss, “casos de uso tangíveis são o próximo passo na história da promessa das criptomoedas”.

Fonte: The Block Crypto