O consórcio de software Blockchain R3 revelou que está desenvolvendo uma plataforma blockchain no Brasil com os bancos Bradesco, que já havia anunciado a adoção da tecnologia, Itaú e a Bovespa.

O Consórcio R3 – composto por grandes bancos e empresas de tecnologia – anunciou, durante o evento CIAB FEBRABAN, em São Paulo, que atualmente colabora com bancos do Brasil.

Durante o evento, executivos da R3 alegaram que o consórcio fez uma parceria com os bancos Itaú e Bradesco para construir uma plataforma de blockchain para comércio exterior e seguros.

O consórcio – que recentemente abriu um escritório no país – observou ainda que a bolsa de valores brasileira também estava usando sua plataforma Corda para identificação digital.

O executivo comentou sobre os desenvolvimentos atuais, afirmando que antes de maiores expansões, a tecnologia blockchain precisa amadurecer e se tornar segura o suficiente para grandes corporações.

A CULedger, um consórcio blockchain e uma organização de serviços de cooperativas de crédito, escolheu a blockchain Corda, da R3, para sustentar seu próximo produto de pagamentos internacionais.

No início desta semana, a CIP, uma facilitadora da infraestrutura bancária e financeira brasileira, lançou oficialmente sua plataforma de blockchain ID através de uma parceria com a IBM usando o Hyperledger Fabric.

Fonte: Cointelegraph