Alguns republicanos de Illinois acreditam que as áreas rurais do estado não estão recebendo uma representação justa devido à enorme influência da cidade de Chicago e agora estão pressionando para separar a Windy City do resto do estado.

Em “Fox & Friends”, na Segunda-Feira, o deputado estadual Brad Halbrook explicou que em muitos estados, incluindo Nova York, Califórnia e Illinois, “grandes centros populacionais” dominam a política do estado.

“As porções rurais não estão sendo representadas igualmente”, disse Halbrook, lamentando as regulamentações onerosas sobre as empresas e a “acumulação” de dívidas por parte de Chicago.

Halbrook disse que o sistema projetado pela Constituição dos EUA “simplesmente não está funcionando” em Illinois.

“O objetivo é formar um novo Illinois”, disse ele ao apresentador Steve Doocy, explicando que a proposta – que praticamente não tem chance de aprovação – pedia ao Congresso que declarasse Chicago o 51º estado.

Halbrook disse que, a cada ano, o estado perde um número de residentes igual ao tamanho da cidade de Peoria.

De acordo com um novo relatório da Stateline, da Pew Trusts, a resolução apoiada por Halbrook agora conta com oito co-patrocinadores republicanos na Câmara, além do crescente apoio de ativistas conservadores.

O projeto de lei aponta um “resgate de US$ 221 milhões” para o sistema de pensão da cidade no ano passado e diz que “a maioria dos residentes no estado de Illinois discorda dos moradores da cidade de Chicago em questões fundamentais como posse de armas, aborto, imigração e outras questões políticas”.

Qualquer impulso desse tipo exigiria uma força política significativa e a resolução em si é apenas uma declaração de apoio ao impulso, não uma legislação que funcionaria para realmente criar um novo estado. Seria necessário aprovar a legislatura estadual e ser aprovada pelo Congresso – tornando-a uma proposta de longo prazo.

Uma discussão semelhante ocorre no Brasil com o pacto federativo. Um deputado de Santa Catarina afirmou que imposto é roubo durante um discurso sobre essa pauta meses atrás.

Outra pauta que vem ganhando força é a secessão de estados como São Paulo e Santa Catarina. Para saber mais sobre a autodeterminação dos povos e a legalidade da secessão, leia este artigo do advogado Paulo Demchuk.

Fonte: Fox News