A ZenGo, fornecedora de carteira de criptomoedas sem custódia, está adicionando suporte para a futura criptomoeda do Facebook, a Libra, de acordo com um anúncio divulgado na terça-feira.

A empresa lançou uma prova de conceito para o testnet Libra, usando uma técnica chamada TSS (threshold thresholds scheme – esquema de assinaturas de limiar), que ajuda a criar um processo de transação seguro e fácil de usar.

“O SST remove o ônus da única chave privada atômica e divide a responsabilidade entre várias partes. Cada uma das partes gera seu próprio segredo e usa esse segredo para assinar de forma distribuída uma transação sem revelar o segredo às outras partes”, explicou ZenGo.

A subsidiária do Facebook, Calibra, lançará uma carteira de custódia padrão para armazenar Libra, mas isso pode impedir a adoção em massa da criptomoeda porque os usuários teriam que confiar na empresa para armazenar suas moedas, disse Ouriel Ohayon, CEO da ZenGo.

“A verdadeira propriedade vem com opções não-custodiais que o Libra também parece encorajar. O desafio é fazer com que um grande número de usuários não familiarizados com segurança, gerenciamento de chaves e processos complexos de backup cruzem esse caminho. É ótimo ver que desenvolvedores podem construir alternativas não-custodiais do Calibra, onde os usuários controlam seus fundos”, acrescentou Ohayon.

A carteira ZenGo atualmente suporta criptomoedas Bitcoin (BTC) e Ether (ETH). Atualmente, ele também está se preparando para adicionar suporte para o BNB da Binance, o ZIL da Zilliqa e os tokens XTZ da Tezos, com mais criptomoedas planejadas para o futuro, conforme anunciado.

A ZenGo recentemente levantou US$ 4 milhões de investidores, incluindo Samsung e Benson Oak Ventures, com o objetivo de simplificar o processo de armazenamento e gerenciamento de criptomoedas.

Fonte: The Block Crypto