Em entrevista ao portal Sul 21, o ex-chefe de estado, Luiz Inácio Lula da Silva, admitiu que a Constituição Federal de 1988 possui um viés marxista.

Lula, que hoje é residente de uma cadeia em Curitiba, defendeu a Constituição de 1988 e afirmou:

“Quem quiser fazer uma revolução no Brasil não precisa ler o ‘Manifesto Comunista’. Não precisa ler nenhuma cartilha trotskista, não. É só pegar a Constituição e saber que ela permite fazer ‘as coisas’ nesse país”.

Confira o trecho da entrevista:

A Constituição Federal de 1988 foi aprovada durante o governo de José Sarney e liderada pelo deputado Ulysses Guimarães (PMDB/SP).

Em Novembro de 2018, durante a comemoração dos 30 anos da Constituição de 1988, Jair Messias Bolsonaro, o atual chefe de estado, a exaltou dizendo “[…] na democracia: só um norte; é o da nossa constituição.”

Confira o discurso de Bolsonaro na íntegra:

Fonte: Boletim da Liberdade


Leia também: