De acordo com pesquisa feita pela instituição Expert Market, a cidade teve a pior classificação dos 74 principais centros de transporte analisados pela instituição, porém, ela não está sozinha. São Paulo aparece em terceiro, Salvador em quinto e Brasília em sétimo lugar. A empresa se baseou em indicadores como tempo de viagem, distância percorrida, tempo de espera para pegar o transporte público, as baldeações necessárias em uma única viagem e o custo mensal do transporte, considerando o salário médio da população.

Os 10 piores da lista são:

  • 65. Londres
  • 66. Miami
  • 67. Cali
  • 68. Brasília
  • 69. Toronto
  • 70. Salvador
  • 71. Istambul
  • 72. São Paulo
  • 73. Bogotá
  • 74. Rio de Janeiro

Além do tempo gasto na espera e na viagem, o usuário de transporte público do Rio de Janeiro também sofre com os preços elevados da passagem. Supondo que o cidadão necessite de apenas uma condução para ir e voltar do trabalho, ele gastará cerca de R$160,00 por mês (sem contar os impostos). Já o carioca que decide ir com seu carro para o trabalho perde quase uma hora no trânsito.