Anunciado cessar-fogo em Karabakh

O Azerbaijão interrompeu sua ação militar “antiterrorista” na região de Nagorno-Karabakh, depois que as forças separatistas concordaram com um cessar-fogo. Segundo o acordo, em vigor desde as 09h00 GMT de quarta-feira, as forças separatistas se dissolverão e se desarmarão. Espera-se que os combatentes separatistas deixem Karabakh em direção à Armênia e entreguem seus tanques e artilharia ainda hoje, sob a supervisão das forças de paz russas. As conversas sobre o futuro da região, sua reintegração ao território do Azerbaijão e o futuro dos armênios étnicos que lá vivem está marcadas para começar amanhã. Os termos do acordo sinalizam que a área voltará ao controle do Azerbaijão.

A mais recente vitória militar azerbaijana, cujas forças superam em muito a dos separatistas, causará novas tensões com a vizinha Armênia, onde já ocorrem protestos pedindo a renúncia do primeiro-ministro, Nikol Pashinyan, por sua inabilidade de proteger os armênios étnicos em Karabakh. As forças russas de mediação e controle da paz também estão sendo criticadas por não terrem impedido a ação militar de ontem.

Os separatistas de Artsakh foram forçados a concordar com os termos do acordo após o exército inimigo ter rompido suas linhas e tomado locais estratégicos. O Azerbaijão, por sua parte, disse que não podia mais tolerar essa ameaça à sua segurança e soberania territorial.

Como habitualmente ocorre para o estado, na garantia de seus interesses, o que conta não é a ética ou respeito à liberdade, mas a força de seu exército.

Gabriel Camargo

Autor e tradutor austrolibertário. Escreve para a Gazeta com foco em notícias internacionais. Suas obras podem ser encontradas em https://uiclap.bio/GabrieldCamargo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sinais eletromagnéticos no cérebro
Política

A “Síndrome de Havana” é uma agressão russa ou outra teoria da conspiração da mídia?

Na noite de domingo, o programa 60 Minutes da CBS publicou um segmento sobre a série de episódios médicos misteriosos sofridos por oficiais de inteligência dos Estados Unidos e funcionários do governo que receberam o apelido de “Síndrome de Havana”. Por quase uma década, as autoridades e suas famílias relataram ouvir sons repentinos de zumbidos […]

Leia Mais
Lula Macron Urânio
Política

Governo Lula assina acordo com a França para explorar urânio no Brasil

Representantes dos governos brasileiro e francês assinaram nesta quinta-feira (28), em Brasília, um acordo que prevê colaboração para geração de energia nuclear. Segundo reportagem da CNN, um dos destaques do texto do acordo é um entendimento para a exploração de reservas de urânio no Brasil. O acordo é de grande interesse para o governo francês, […]

Leia Mais
Lula e Maduro
Política

De forma inesperada, governo Lula endurece o tom contra governo Maduro na Venezuela

De forma inesperada, O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) endureceu o tom com o governo venezuelano de Nicolás Maduro, tradicional aliado das gestões petistas. A repreensão do governo foi feita por meio de uma nota divulgada na última terça-feira (26/3), pelo Itamaraty, onde foi manifestada uma preocupação com o andamento das eleições […]

Leia Mais