Arquitetos de Pomerode se unem à campanha “ReconstruSUL”, para ajudar na reconstrução de casas no RS

Enchentes Rio Grande do Sul

Uma iniciativa por parte de arquitetos na cidade de Pomerode (SC) está se mobilizando para iniciar a reconstrução das milhares de habitações destruídas pelas águas no Rio Grande do Sul. Chamada de “ReconstruSUL”, a campanha tem por objetivo arrecadar materiais de construção e móveis para serem doados aos gaúchos.

A iniciativa surgiu no estado de São Paulo, por parte de uma arquiteta daquele estado. E em Pomerode, os profissionais desta área decidiram aderir a esta ideia, para contribuir com seu conhecimento e contatos.

Material doado para o projeto ReconstruSul | Foto: divulgação

Em entrevista ao Jornal de Pomerode, Petra Selke Volkmann, que é responsável pela campanha em Pomerode, e que conta com o apoio da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Pomerode (Asseapo), disse que ficou sabendo da campanha “ReconstruSUL” enquanto pesquisava como poderia ajudar as pessoas que perderam tudo.

“A ideia surgiu a partir do sentimento de impotência, ao ver a magnitude da tragédia, com tantas cidades atingidas, além de vermos as pessoas ajudarem, mas parecer que ainda é pouco, diante de tudo o que aconteceu no Rio Grande do Sul. Então, começamos a pensar em como vai ser quando a água abaixar, o que as pessoas que perderam casas vão fazer. Eu, como arquiteta, pensei em como, na minha profissão eu poderia contribuir”

comentou Petra
Foto: Divulgaçã

Segundo Petra, a ideia é unir os arquitetos de cada cidade, para que cada um faça um ponto de coleta e, com seus parceiros, fornecedores e clientes, consiga materiais de construção novos, excedentes de obras.

Foto: Divulgação

Para ajudar a campanha, os interessados podem doar, por exemplo, sacos de cimento, válvulas, tubulações, ou seja, coisas que não são devolvidas em materiais de construção, mas que estão em bom estado. Outros materiais que podem ser doados para a campanha “ReconstruSUL” são: esquadrias, peças de madeira para forro, madeiramento de telhado, tijolos de demolição, cimento, revestimentos de todos os tipos, além de material hidráulico, elétrico, tinta, caixas d’água, disjuntores, fiação, espelhos de tomada, interruptores, acabamentos, lâmpadas, tubulações, cifão, vaso sanitário, torneira, cuba, além de móveis.

“Lembrando que tudo precisa estar em bom estado, pois as pessoas que perderam tudo não merecem receber algo estragado, a doação não é um descarte. Quem recebe, também merece ter algum conforto, acolhimento, com coisas que nós usaríamos em nossas obras”

disse Petra
Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Samourai Wallet
Ética

A prisão de desenvolvedores de carteiras Samourai mostra que o governo dos EUA odeia privacidade e liberdade

Em 24 de abril, dois desenvolvedores líderes da Samourai Wallet (SW), a carteira centrada na privacidade mais avançada do ecossistema bitcoin, foram presos e acusados de crimes de lavagem de dinheiro e violações na transmissão de dinheiro por ordem do Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ). Este é apenas o mais recente ataque de […]

Leia Mais
Caminhão do MTST
Ética

Caminhão do MTST que levava marmitas para desabrigados no RS é apreendido por estar com IPVA vencido

Na última segunda-feira, um caminhão do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) que transportava marmitas para desabrigados em Porto Alegre foi guinchado pela Brigada Militar. Segundo a BM, o veículo foi apreendido na Avenida Bento Gonçalves por estar com o IPVA, o Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotores, vencido. O ocorrido foi divulgado no […]

Leia Mais
William Ling
Ética

Família Ling quer reconstruir pontes e estradas no Rio Grande do Sul

A família Ling — cujo patriarca começou a vida do zero e fez fortuna no Rio Grande do Sul — se comprometeu a doar R$ 50 milhões para obras emergenciais de infraestrutura. A iniciativa visa ajudar as comunidades a reconstruírem pontes e estradas destruídas pelas inundações. “Quando meu pai chegou no Rio Grande do Sul […]

Leia Mais