Bolsonaro se afilia ao PL

Nesta terça feira, o presidente Jair Bolsonaro assinou sua ficha de filiação ao PL, depois de dois anos sem partido. Junto com ele, seu filho o senador Flávio Bolsonaro (RJ) e o ministro Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, também se afiliaram ao partido.

Mesmo tendo sido eleito graças à postura contrária aos grupos políticos dominantes, – incluindo o centrão, segmento da qual o PL faz parte – Bolsonaro se afiliou à legenda e buscou justificar o seu motivo. Segundo ele:

A nossa filiação é uma passagem para que a gente possa pleitear algo ali na frente”, disse o presidente. “Eu vim do meio de vocês, fiquei 28 anos na Câmara dos Deputados. Há uma semelhança muito grande entre nós e ninguém faz nada sozinho.

Em seguida, Bolsonaro se dirigiu aos presidentes de outras duas legendas que disputaram sua filiação com o PL: o minstro da Casa Civil, Ciro Nogueira, líder do PP; e o deputado Marcos Pereira (SP), do Republicanos.

Bolsonaro lembrou de ter passado pelo PP, e disse sobre os partidos que espera ter ao seu lado em 2022 e que juntos eles formam uma família.

[Eu e o PL] não seremos marido e mulher, seremos agora uma família. E nós seremos todos agora uma família”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Greve das universidades federais
Política

Greve das Universidades Federais mantém tensão entre professores e o Governo Lula

A greve de universidades federais no país, que já dura quase dois meses, segue ativa, mantendo a tensão entre os professores federais e o Governo Lula. Por um lado, professores em greve afirmam que continuarão com a greve até receberem aumentos salariais. O governo, por sua vez, afirma que não há mais espaço no orçamento […]

Leia Mais
Macron
Política

Macron dissolve parlamento e convoca eleições legislativas antecipadas na França

No último domingo (9), o presidente da França, Emmanuel Macron, dissolveu o parlamento do país, a Assembleia Nacional, e convocou eleições legislativas antecipadas. A decisão do presidente francês foi tomada após uma pesquisa de boca de urna que mostrou que seu partido, Renascimento, seria derrotado pelo partido de oposição, União Nacional (RN), nas eleições parlamentares. […]

Leia Mais
Jorge Seif
Política

Senador Jorge Seif admite que defende imposto sobre importações porque paga o seu salário

O senador Jorge Seif (PL-SC), que se diz liberal, votou sim pela em 20% das compras internacionais até 50 dólares, que foi aprovada na última quarta-feira, 5, a taxação. O senador justificou seu voto, admitindo que tal imposto paga seu salário. O senador ainda recorreu às velhas falácias protecionistas e estatistas em defesa dos impostos […]

Leia Mais