Cantor Gustavo Fildzz preso por cultivo e venda de maconha

Gustavo Fildzz preso por cultivo e venda de drogas

O cantor Gustavo Fildzz, vocalista da banda de rock Aliados, foi preso nesta sexta-feira por cultivo e venda de maconha. A prisão foi realizada na casa do cantor, após uma denúncia do Ministério Público contra Fildzz, onde ele foi acordado por policiais e em seguida tendo sua prisão anunciada. O momento foi registrado em vídeo é Vitalino nas redes sociais. Também foi preso junto à Fildzz, o seu caseiro Wagner Gonçalves, acusado de ajudar no cultivo e venda da planta.

Abaixo o vídeo mostrando o momento em que o cantor foi acordado pela polícia e teve sua prisão anunciada:

De acordo com a denúncia do MP, Fildzz e Wagner administravam imóveis que serviam como laboratórios de produção de entorpecentes que eram destinados ao comércio de maconha e seus derivados, como ‘skank’ e haxixe. No total foram encontrados 100 mil pés de maconha que eram cultivados pelos dois. Além disso, drogas sintéticas também acabaram sendo apreendidas durante a operação que culminou na prisão dos dois suspeitos.

O MP também teve acesso a conversas entre Fildzz e o caseiro tratando de detalhes sobre o cultivo da maconha e manutenção dos laboratórios. Além disso, o MP também descobriu que a maior parte das drogas eram vendidas para um sujeito chamado “Kabeça” e todo o restante era vendido por Fildzz para seus fãs durante os shows da sua banda.

Ainda segundo o MP, Gustavo Fildzz utilizava os entorpecentes para uso terapêutico e tratamento de ansiedade e insônia. A Justiça acatou os argumentos do MP, e decidiu nesta semana manter o cantor preso.

o crime hediondo de cultivar e vender drogas

Enquanto o crime de verdade e a falta de segurança impera no Brasil (principalmente após as medidas desarmamentistas de Lula), alguém está sendo preso por uma atividade não violenta: cultivar e vender drogas. Óbvio que sabemos de toda a falsa propaganda moralista dos conservadores estatistas tentando associar erroneamente o comércio e uso de drogas como uma atividade que inevitavelmente leva à violência. E não falta conteúdo que mostra que tal afirmação é falsa.

No fim, são apenas moralistas querendo justificar sua intransigência em relação à atividades pacíficas de terceiros, usando como pretexto a preocupação com a segurança pública. E isso enquanto esse mesmo proibicionismo é o que causa os problemas que eles dizem querer combater.

Gustavo Fildzz e seu caseiro estão sendo presos por simplesmente cultivar e vender um produto em que há pessoas dispostas a comprar sem envolver violência contra inocentes. E teve o grande azar de ser alvo de uma justiça estatal que está mais preocupada em prender quem realiza tal atividade do que combater os verdadeiros crimes, como assaltos, furtos, sequestros e estupros.

Enquanto Fildzz e Wagner seguem sob a decisão da justiça, os maiores criminosos deste país, encabeçados por Lula, seguem impondo sua vontade tirânico e vivendo às custas da população via impostos. E como já falamos várias vezes aqui: imposto é roubo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escravidão Africana
Ética

Entendendo a história da escravidão africana: os europeus não foram os únicos traficantes de escravos

No vasto panteão da história, os negros foram ao mesmo tempo vítimas e opressores. No entanto, a história tem sido tão politizada que ouvimos infinitamente sobre a primeira e quase nunca sobre a segunda. A retórica eclipsou os fatos. É fato, por exemplo, que os africanos participavam do tráfico transatlântico de escravos. A narrativa agora […]

Leia Mais
Renato Moicano
Ética

Renato Moicano: “Se você se preocupa com seu… país, leia Ludwig von Mises”

Na noite do último sábado, o lutador brasileiro Renato Moicano viralizou após sua vitória sobre JalinTurner no UFC 300, fazendo uma saudação ao próprio Ludwig von Mises. “Eu amo os Estados Unidos, amo a Constituição… quero portar… armas. Amo a propriedade privada. Vamos lhe dizer uma coisa. Se você se preocupa com seu país, leia […]

Leia Mais
Elon Musk e Alexandre de Moraes
Ética

Elon Musk ataca censura de Alexandre de Moraes e deixa esquerda em polvorosa

Na última sexta-feira, o CEO da rede social X, Elon Musk, respondeu a uma publicação de Alexandre de Moraes questionando o porque dele estar impondo tanta censura no Brasil. Na publicação em questão, Moraes parabenizava o ex-ministro do STF, Ricardo Lewandowski pelo novo cargo de Ministro da Justiça e Segurança Pública. Confira abaixo: Elon Musk […]

Leia Mais