Conferência do BRICS: Irã pressiona por moeda comum – China e Rússia priorizam liquidações em moedas locais

BRICS

A primeira reunião de sherpa do BRICS para 2024, sob a presidência da Rússia, teve início na terça-feira em Moscou, com a participação de 10 estados-membros pela primeira vez. Além de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, o bloco econômico conta com a participação de cinco novas nações: Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Irã, Egito e Etiópia.

O sherpa do Irã e vice-ministro das Relações Exteriores para diplomacia econômica, Mehdi Safari, disse na reunião:

“Nos planos para 2024, espero que esses pilares econômicos e financeiros, especialmente as questões bancárias e financeiras, os sistemas de pagamento, a moeda digital, a moeda comum, as trocas com moedas nacionais etc., sejam acelerados e se tornem operacionais”.

Ele também enfatizou a importância de fortalecer o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB) e o Acordo de Reserva Contingente (CRA), observando: “Enfatizo mais uma vez que nós, no Irã, temos planos e implementaremos os planos necessários para uma participação ativa e inovadora no programa deste ano.”

No ano passado, houve relatos de que o bloco econômico BRICS estava planejando criar uma moeda comum. Entretanto, na reunião de cúpula dos líderes do grupo, realizada em agosto do ano passado em Joanesburgo, África do Sul, as nações do BRICS defenderam o uso de moedas nacionais para reduzir a dependência do dólar americano, em vez de discutir uma moeda comum.

O sherpa do BRICS e vice-ministro de relações exteriores da China, Ma Zhaoxu, afirmou de forma semelhante:

“Devemos implementar as instruções dos líderes, promover a corporação financeira como uma prioridade estratégica, expandir as liquidações em moedas locais e fortalecer o vínculo entre os sistemas de pagamento”.

Além disso, ele revelou: “A China está considerando [a] possibilidade de lançar um centro de desenvolvimento e cooperação de IA do BRICS na China”.

Artigo escrito por Kevin Helms, publicado em News.Bitcoin.com e traduzido por Rodrigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Murray Rothbard
Economia

Hoje Rothbard estaria completando 98 anos

Hoje, dia 02 de março, é o aniversário do economista, filósofo político, historiador e autor libertário, Murray Rothbard! Se estivesse vivo hoje, o autor, que faleceu em 1995, estaria completando 98 anos. Mesmo após sua morte, Rothbard deixou um enorme legado para a causa da liberdade, deixando registrada sua imensa sabedoria e intelecto perspicaz em […]

Leia Mais
Fernando Haddad G20
Economia

Haddad defende medidas para que bilionários parem de usar brechas fiscais

Na última quinta-feira (29), o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, defendeu medidas para que bilionários pagassem sua parte “justa” de impostos. Para isso, o ministro defendeu uma “contribuição internacional” (na verdade, uma coerção coordenada internacional) para garantir que bilionários não usem das brechas fiscais, que o ministro chamou de “buracos tributários”. O discurso do ministro […]

Leia Mais
Luiz Marinho
Economia

Sem acordo, governo prorroga por 3 meses nova portaria sobre trabalho aos feriados

O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, anunciou nesta terça-feira (27) que foi adiado por 90 dias a portaria que muda as regras sobre o trabalho aos feriados. O texto entraria em vigor nesta sexta-feira (1). A decisão do ministro foi tomada durante uma reunião com o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, representantes […]

Leia Mais