Conselheiro do Silk Road condenado a 20 anos de prisão, enquanto um agente duplo desonesto escapa da captura

Silk Road

O advogado Damian Williams e o Distrito Sul de Nova York (SDNY) anunciaram que Roger Clark foi condenado a 20 anos de prisão por conspirar para distribuir grandes quantidades de narcóticos usando o mercado Silk Road. Clark era supostamente o consultor sênior do Silk Road e tinha vários pseudônimos, incluindo “Variety Jones”, “Plural of Mongoose” e “cimon”.

Clark foi descrito como o mentor da Silk Road que supostamente aconselhou Ross Ulbricht sobre a segurança, a infraestrutura técnica e as regras de governança da Silk Road. Clark também teria ajudado Ulbricht a encontrar um engenheiro de software para melhorar a Silk Road. “Roger Thomas Clark foi uma figura central para ajudar a liderar a Silk Road”, disse o advogado Williams na terça-feira. “A sentença de hoje é mais um lembrete de que os mercados criminosos, como o Silk Road, são um caminho para a prisão.”

Revelações de Clark em 2015 revelam que o oficial desonesto ‘Diamond’ continua foragido

Em setembro de 2015 – antes da prisão de Clark em junho de 2018 – Clark entrou em contato com o público a partir de seu esconderijo na Tailândia. Usando o pseudônimo “Plural of Mongoose”, ele se tornou conhecido em um fórum de mercado da darknet conhecido como Ganja Forums, divulgando seu status de fugitivo da polícia internacional. Quando o Ano Novo tailandês chegou em abril, Clark foi surpreendido por uma mensagem de um indivíduo que dizia ser um agente do FBI, conhecido apenas como “Chrysippus” ou “Diamond”.

Clark alegou que Diamond, totalmente ciente de seu status de fugitivo, tinha acesso a informações abrangentes sobre as operações em andamento de vários mercados específicos da darknet. O relato de Clark também deu a entender a suposta associação de Diamond com os notórios agentes desonestos Carl Mark Force e Shaun Bridges. Sua narrativa de 2015 serve como um lembrete pungente das questões éticas desenfreadas da investigação do Silk Road e da infiltração de agentes duplos na aplicação da lei.

Em uma entrevista realizada em outubro de 2019, Kathryn Haun, ex-promotora do gabinete do procurador-geral, esclareceu os papéis duvidosos de Force e Bridges, que foram presos por extorsão de administradores do Silk Road. A entrevista de Haun ressaltou a disseminação da conduta antiética e da duplicidade na investigação da Silk Road, com agentes como Force assumindo alter egos como “Death from Above”. A revelação de Haun leva o público a refletir: Será que o conjunto de provas do governo seria tão extenso sem a manipulação e a intrusão de agentes duplos e oficiais desonestos?

Além disso, o relato de Clark sobre “Chrysippus” ou “Diamond” – um oficial da lei desonesto que conseguiu escapar da captura, ao contrário de Force e Bridges – acrescenta outra camada à narrativa. Fazendo um paralelo com Force, esse funcionário, que atendia pelo nome de Diamond, explorava os administradores de mercados da darknet, incluindo os operadores da plataforma Agora. Em total contraste com Force e Bridges, o funcionário rebelde conhecido como Diamond continua a escapar da captura e do encarceramento.

Artigo escrito por Jamie Redman, publicado em News.Bitcoin.com e traduzido e adaptado por @rodrigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Elon Musk e Alexandre de Moraes
Ética

Elon Musk ataca censura de Alexandre de Moraes e deixa esquerda em polvorosa

Na última sexta-feira, o CEO da rede social X, Elon Musk, respondeu a uma publicação de Alexandre de Moraes questionando o porque dele estar impondo tanta censura no Brasil. Na publicação em questão, Moraes parabenizava o ex-ministro do STF, Ricardo Lewandowski pelo novo cargo de Ministro da Justiça e Segurança Pública. Confira abaixo: Elon Musk […]

Leia Mais
Roseane Murray
Ética

O ataque de pitbulls contra a escritora e poetisa Roseane Murray

Na manhã de ontem (5), a escritora e poetisa Roseana Murray, de 73 anos, havia sofrido um violento ataque de 3 pitbulls enquanto caminhava em Saquarema, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. O incidente reacende a discussão sobre possuir ou não cachorros da raça pitbull. O inicidente A escritora e poetisa Roseane Murray […]

Leia Mais
Álcool 70%
Ética

Anvisa proíbe venda de álcool 70% em supermercados e farmácias a partir de 30 de abril

Por decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o álcool líquido 70% terá sua venda em farmácias e supermercados proibida a partir do dia 30 de abril. A agência já havia proibido o produto em 2002 e havia feito uma breve liberação durante a pandemia devido a escassez de álcool em gel. Segundo a […]

Leia Mais