Deputada desarmamentista tem escolta armada negada

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, negou um pedido feito pela Câmara dos Deputados, e também pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), para que a deputada federal Talíria Patroni obtivesse uma escolta armada para sua segurança. O pedido da Câmara e do partido se dá por conta das ameaças que a deputada vem sofrendo.

A decisão de Witsel vem sendo bastante comentada nas redes sociais, incluindo pela própria Talíria, como pode ser observado no tweet abaixo:

Segundo internautas, não faria sentido uma pessoa que defende o desarmamento civil ter seguranças armados para garantir sua segurança, pois as ações dela entrariam em contradição com as suas ideias.

Fonte: R7


Recomendação de leitura:

https://gazetalibertaria.news/schreiberbelli/pro-gun-ep01-a-antietica-desarmamentista/
Série rebatendo os argumentos favoráveis ao desarmamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Homem tenta invadir residência oficial de Lula
Política

Tentativa de invasão a residência oficial de Lula no Palácio do Planalto

Na manhã deste sábado (24), houve uma tentativa de invasão do Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente Lula (PT). O petista estava presente quando um carro tentou invadir o local. A informação foi publicada primeiramente pelo site de notícias Metrópolis, e confirmada pela acessoria do presidente da República. Segundo a assessoria de comunicação da […]

Leia Mais
China x Tawian
Política

Pequim anuncia manobras militares perto das ilhas de Taiwan

“Nunca houve algo como águas ‘restritas’ ou ‘fora dos limites’ nas zonas de pesca tradicionais do Estreito (de Formosa)”, disse Zhu Fenglian, porta-voz do Escritório de Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado (o executivo chinês), segundo a agência de notícias oficial Xinhua. A porta-voz disse que o incidente “provocou indignação generalizada” na China e […]

Leia Mais
Política

Morre Alexei Navalny, um dos principais opositores de Putin

Em mais uma execução política, o líder da oposição russa, Alexei Navalny, morreu na prisão nesta sexta-feira. Navalny foi um dos mais vocais opositores do atual regime do Kremlin. A Gazeta Libertária havia escrito sobre sua mais recente condenação aqui. O serviço penitenciário da região disse que ele não se sentiu bem após uma caminhada […]

Leia Mais