Deputado do NOVO cria projeto de lei que extingue crime injúria e difamação

Após o STF censurar uma matéria da revista Crusoé nesta segunda-feira (15), o deputado federal, Vinicius Poit do partido NOVO, protocolou um projeto de lei para descriminalizar “condutas de injúria e difamação”.

“Depois do ocorrido com Danilo Gentili e com a Revista Crusoé resolvi protocolar o PL 2287/2019, que propõe a descriminalização das condutas de injúria e difamação!”, publicou o deputado em seu Twitter. O deputado ainda afirmou: “Ou existe liberdade ou não existe”.

O partido NOVO divulgou uma nota em seu site dizendo: “O Brasil é o 2º país que mais remove conteúdo da internet. Só nas eleições de 2018, os políticos moveram 771 processos contra posts de críticas em redes sociais e reportagens que tivessem algum conteúdo negativo.”

Confira o projeto:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carlos Monteiro dono de bar de rock
Direito

Dono de bar de rock em SP é morto por cliente após expulsá-lo por importunação

Carlos dos Santos Monteiro, um dono de um bar de rock da Zona Sul de São Paulo, foi morto com golpes de canivete no pescoço e nas costas por um cliente após expulsá-lo do estabelecimento por assediar uma funcionária e ter importunado outros clientes. Um crime lamentável, que poderia ter sido evitado caso a vítima […]

Leia Mais
Dono de loja reage a assalto no Paraná
Direito

Dono de loja reage a assalto e deixa criminoso gravemente ferido

Contrariando as alegações de desarmamentistas de que o porte de armas não garante segurança contra criminosos, o dono de uma loja protegeu a si, seus funcionários e sua propriedade ao deixar um assaltante gravemente ferido. O caso O episódio aconteceu em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, onde o criminoso, um homem de 23 […]

Leia Mais
Greve das universidades federais
Política

Greve das Universidades Federais mantém tensão entre professores e o Governo Lula

A greve de universidades federais no país, que já dura quase dois meses, segue ativa, mantendo a tensão entre os professores federais e o Governo Lula. Por um lado, professores em greve afirmam que continuarão com a greve até receberem aumentos salariais. O governo, por sua vez, afirma que não há mais espaço no orçamento […]

Leia Mais