quinta-feira, julho 7, 2022

“Eu privatizaria tudo, sou quase um libertário”, diz secretário do governo Bolsonaro

Salim Mattar, o secretário de desestatização do Ministério da Economia e fundador da Localiza, em uma entrevista cedida para a Veja na última Quinta-Feira (28), afirmou que:

“Se a decisão fosse minha, eu privatizaria tudo. Não faz sentido o governo ter bancos. Mas a orientação que recebi foi manter a Caixa, o Banco do Brasil e a Petrobras. Talvez eu esteja um pouquinho mais à direita do ministro Paulo Guedes, porque sou quase um libertário.”

Mattar ainda disse estar “frustrado” e afirmou que a “conversão” é muito recente e incompleta.

Confira a matéria completa:
https://www.gazetadopovo.com.br/rodrigo-constantino/artigos/estou-frustrado-diz-secretario-de-desestatizacao-salim-mattar-para-presidente/

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

1 COMENTÁRIO

  1. Dizer que a conversão foi muito recente e incompleta dá a entender que ele está se referindo à sua posição “quase libertária”, ao invés da conversão do Bolsonaro ao liberalismo, visto que em nenhum momento este artigo toca nesse assunto, totalmente desconexo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

spot_img

CONFIRA