Flávio Dino afirma que o ministro da Justiça deveria receber um adicional por insalubridade

Flávio Dino

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Flávio Dino (PCdB), afirmou que deveria receber algum tipo de adicional de periculosidade ou de insalubridade, por exercer seu cargo. A declaração do ministro foi feita nesta quarta-feira (22) durante o Fórum Confederação Nacional do Transporte (CNT) de Debates.

deveria receber algum tipo de adicional, senão de periculosidade, de insalubridade, porque os temas são muito variados e permanentemente em crise”]O ano começa com do 8 de janeiro e termina com o caos da Seleção Brasileira, o que me angustia profundamente, evidentemente. E não pensem que ontem eu vi o jogo Brasil e Argentina. Eu vi o caos da segurança no estádio. Então, realmente, o ministro de Justiça e Segurança [Pública] deveria receber algum tipo de adicional, senão de periculosidade, de insalubridade, porque os temas são muito variados e permanentemente em crise

Flávio dino

Ainda segundo o ministro, é como se existisse uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na Esplanada dos Ministérios.

“Eu não preciso ir até as crises, elas vêm até mim, porque elas desfilam na Esplanada e a porta que elas acham para entrar é o Ministério da Justiça. Elas entram lá e se instalam. E claro que isso demanda o esforço permanente de enfreamento das emergências”

afirmou Dino

Alvo de acusações

O ministro também teve como seu último desgaste a polêmica envolvendo a visita da “Dama do Tráfico” à sede do Ministério da Justiça. O ministro reiterou várias vezes que não tinha conhecimento de que ela era casada com um líder do CV no AM, e que também não tem ligação com nenhuma facção criminosa.

Ainda assim, o ministro continua alvo de suspeitas e acusações por parte da oposição desde que conseguiu o feito de ter entrado no Complexo da Maré com relativa facilidade, sem resistência da facção local.

Na mira de um pedido de impeachment

O ministro também é alvo de um pedido de impeachment que foi protocolado por um grupo de deputados na última quarta-feira. Como justificativa para o pedido, os deputados apontaram a ausência do ministro em mais de duas convocações para prestar esclarecimentos na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado.

Após faltar às duas últimas convocações, Dino atendeu ao pedido de Lira e compareceu à terceira. No entanto informou à Lira que não se sente seguro na Câmara dos deputados, pois acredita que possa ser alvo de agressão ou de até mesmo um atentado à sua vida. Os deputados da oposição por sua vez dizem estar admirados pelo ministro da Justiça temer por sua segurança enquanto recebe na sede de seu ministério a esposa de uma das facções criminosas mais temidas do Brasil.

Tá difícil para o Dino?

Mesmo recebendo um salário confortável garantido pelos impostos pagos por aqueles que realmente produzem, e tendo serviços de segurança garantidos pelo estado à sua disposição, Flávio Dino se diz inseguro e insatisfeito com sua situação. Enquanto isso, brasileiros continuam à mercê do crime e da violência, que Flávio Dino como ministro da Justiça e Segurança deveria supostamente combater.

Enquanto Dino se preocupa com improváveis agressões ou atentados à sua pessoa, brasileiros continuam apenas com a promessa vazia de segurança que o estado brasileiro jura ser capaz de garantir. O que a cada dia que passa (especialmente no caso da Bahia) fica claro não ser o caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sinais eletromagnéticos no cérebro
Política

A “Síndrome de Havana” é uma agressão russa ou outra teoria da conspiração da mídia?

Na noite de domingo, o programa 60 Minutes da CBS publicou um segmento sobre a série de episódios médicos misteriosos sofridos por oficiais de inteligência dos Estados Unidos e funcionários do governo que receberam o apelido de “Síndrome de Havana”. Por quase uma década, as autoridades e suas famílias relataram ouvir sons repentinos de zumbidos […]

Leia Mais
Lula Macron Urânio
Política

Governo Lula assina acordo com a França para explorar urânio no Brasil

Representantes dos governos brasileiro e francês assinaram nesta quinta-feira (28), em Brasília, um acordo que prevê colaboração para geração de energia nuclear. Segundo reportagem da CNN, um dos destaques do texto do acordo é um entendimento para a exploração de reservas de urânio no Brasil. O acordo é de grande interesse para o governo francês, […]

Leia Mais
Lula e Maduro
Política

De forma inesperada, governo Lula endurece o tom contra governo Maduro na Venezuela

De forma inesperada, O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) endureceu o tom com o governo venezuelano de Nicolás Maduro, tradicional aliado das gestões petistas. A repreensão do governo foi feita por meio de uma nota divulgada na última terça-feira (26/3), pelo Itamaraty, onde foi manifestada uma preocupação com o andamento das eleições […]

Leia Mais