Irã persegue dissidentes em países estrangeiros

O governo do Irã atua ilegalmente em países estrangeiros, como Austrália e Inglaterra, para intimidar dissidentes e críticos ao regime de Teerã. Agentes iranianos têm perseguido e assediado cidadãos provenientes do país, com a Ministra de Assuntos Internos da Austrália, Clare O’Neil, admitindo que esse tipo de interferência estrangeira é agora uma ameaça doméstica maior que o terrorismo.

As agências de segurança trabalham para a descoberta e mitigação das ações da rede de vigilância iraniana implantada nos países estrangeiros, com relatos de moradores sendo perseguidos e ameaçados se multiplicando. Indivíduos com famílias ainda no Irã são intimidados a cessar suas críticas ao regime e se retratar publicamente realizando falsas confissões.

Além do monitoramento online de postagens em redes sociais, informantes costumam participar de manifestações contra o regime para filmar os participantes. Os críticos têm, então, suas vidas e famílias extensamente investigadas; informações posteriormente utilizadas para tentar silenciá-los.

Gabriel Camargo

Autor e tradutor austrolibertário. Escreve para a Gazeta com foco em notícias internacionais. Suas obras podem ser encontradas em https://uiclap.bio/GabrieldCamargo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sinais eletromagnéticos no cérebro
Política

A “Síndrome de Havana” é uma agressão russa ou outra teoria da conspiração da mídia?

Na noite de domingo, o programa 60 Minutes da CBS publicou um segmento sobre a série de episódios médicos misteriosos sofridos por oficiais de inteligência dos Estados Unidos e funcionários do governo que receberam o apelido de “Síndrome de Havana”. Por quase uma década, as autoridades e suas famílias relataram ouvir sons repentinos de zumbidos […]

Leia Mais
Lula Macron Urânio
Política

Governo Lula assina acordo com a França para explorar urânio no Brasil

Representantes dos governos brasileiro e francês assinaram nesta quinta-feira (28), em Brasília, um acordo que prevê colaboração para geração de energia nuclear. Segundo reportagem da CNN, um dos destaques do texto do acordo é um entendimento para a exploração de reservas de urânio no Brasil. O acordo é de grande interesse para o governo francês, […]

Leia Mais
Lula e Maduro
Política

De forma inesperada, governo Lula endurece o tom contra governo Maduro na Venezuela

De forma inesperada, O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) endureceu o tom com o governo venezuelano de Nicolás Maduro, tradicional aliado das gestões petistas. A repreensão do governo foi feita por meio de uma nota divulgada na última terça-feira (26/3), pelo Itamaraty, onde foi manifestada uma preocupação com o andamento das eleições […]

Leia Mais