sexta-feira, dezembro 3, 2021
InícioPolíticaJavier Milei, sensação na Argentina, é de fato libertário?

Javier Milei, sensação na Argentina, é de fato libertário?

O candidato a deputado federal na Argentina, Javier Milei, vem ganhando grande destaque, principalmente após receber 13,64{6f48c0d7d5f1babd031e994b4ce143dfcbd9a3bc2a21b0a64df4e7af5a5150a1} dos votos nas primárias, o qualificando para a votação de novembro deste ano.

Desde então, ele vem se tornando uma grande celebridade política, ganhando destaque principalmente entre os mais jovens cansados das políticas antieconômicas e destrutivas do presidente Alberto Fernández.

Recentemente o site de notícias UOL fez um artigo sobre a ascenção do economista e comentarista político Javier Milei, como uma celebridade política e questionou as credenciais libertárias do mesmo.

No artigo, fizeram um breve resumo sobre o economista, que é candidato a deputado federal pelo partido Avanza Libertad, destacando que ele defendia algumas pautas genuinamente libertárias, como desfazer o estado de bens estar social e facilitar o armamento civil.

Apesar do jornal ter destacado outras pautas libertárias, como o direito das pessoas se casarem com quiserem sem a interferência estatal, julgaram que por ele se opor ao aborto fazia dele um não libertário genuíno, fora que também criticaram sua retórica anti-socialista, fazendo comparação com os discursos de Trump e Bolsonaro.

Afinal, o Javier Milei é ou não libertário?

Devemos esclarecer aqui que o significado do termo “libertário” pode possuir vários significados, mas que em geral significa uma defesa consistente da liberdade contra a tirania.

O Javier pode ao menos ser considerado libertário no sentido americano, que acaba abarcando tanto minarquistas (como é o caso dele) quanto anarcocapitalistas.

A insinuação do UOL sobre ele não ser de fato libertário por se opor ao aborto é sinal de uma total ignorância sobre como esse assunto é tratado dentro do libertarianismo, sendo que apesar de alguns autores terem defendido tal pauta, como Murray Rothbard, outros, como Stephan Kinsella, Ron Paul e Stefen Molyneux se mostram completamente contrários.

Além disso, a defesa antiaborto dentro do libertarianismo se mostra muito mais consistente do que a postura pró aborto, como os artigos de Stefan Molyneux e outros já demonstraram.

Já sobre que seu antissocialismo “exarcebado”, como o site insinua, é completamente compreensível partindo de qualquer defensor ferrenho da propriedade e do livre mercado.

E sobre sua ojeriza aos políticos , é também perfeitamente compatível com uma postura libertária. Para um libertário, a classe política é formada por um bando de parasitas que apenas sugam recursos da sociedade e a mantém refém dos seus caprichos.

Quem é Javier Milei?

Javier Milei é formado em economia pela Universidade Belgrano e além de comentarista político, também é escritor, professor, locutor de rádio e conferencista.

O mesmo além de se inspirar nas ideias libertárias (no caso dele, minarquismo), também está alinhado com o pensamento econômico da Escola Austríaca.

Desde 2017, graças aos debates que ele participou na TV e devido a críticas aos governos de Cristina Fernández de Kirchner, Mauricio Macri e Alberto Fernández, ganhou grande destaque entre o público argentino alinhado com as ideias pró-liberdade, o que o motivou a se candidatar a deputado federal para as próximas eleições.

Conclusão

Por mais que não seja exatamente um anarcocapitalista, o fato do Javier Milei ganhar grande destaque entre a população e ajudar a espalhar as ideias de liberdade devem ser vistas como bem vindas pelos libértarios.

NOTÍCIAS SIMILARES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_img

CONFIRA