Joe Biden pede para que cidadãos americanos saiam da Ucrânia

Joe Biden pede para que cidadãos americanos saiam da Ucrânia

Presidente Joe Biden, dos Estados Unidos, pediu nesta quinta-feira, dia 10, que cidadãos americanos saiam da Ucrânia imediatamente por risco de invasão por parte da Rússia. Além disso, Holanda, Japão e Coreia do Sul também pediram para que seus cidadãos viessem a sair.

Os cidadãos americanos deveriam sair agora. As coisas podem acelerar rapidamente

disse Joe Biden à NBC News

O presidente norte-americano outra vez destacou a ideia de mandar soldados à Ucrânia, nem mesmo para que pudesse ajudar a retirar os cidadãos dos Estados Unidos em uma eventual invasão. Afirmou ainda Biden que, isso seria “uma guerra mundial. Quando os americanos e os russos começam a atirar uns nos outros, entramos num mundo muito diferente”.

Ele ainda acrescentou:

Não há. É uma guerra mundial quando os americanos e a Rússia começam a disparar uns contra os outros

Quando questionado pelo âncora da NBC News, Lester Holt sobre o que poderia levá-lo a enviar tropas para resgatar americanos a Biden que cenário na Ucrânia, Joe Biden respondeu:

NÃO ESTAMOS A LIDAR COM UMA ORGANIZAÇÃO TERRORISTA. ESTAMOS A LIDAR COM UM DOS MAIORES EXÉRCITOS DO MUNDO. É UMA SITUAÇÃO MUITO DIFERENTE, E AS COISAS PODEM FICAR LOUCAS RAPIDAMENTE

Ele ainda acrescentou:

Estamos num mundo muito diferente do que alguma vez estivemos

O chefe da diplomacia americana, Antony Blinkendisse, afirmou nesta sexta-feira, dia 11, que a Rússia continua a enviar tropas para sua fronteira com a Ucrânia e afirmou ainda que a eventual invasão poderá começar “a qualquer momento”, inclusive durante os Jogos Olímpicos de Inverno que acontecem na China.

Blinkendisse acredita que a Rússia pretende esperar que os Jogos Olímpicos de Inverno terminem primeiro para que não venha a ofuscar seu maior aliado, a China.

Segundo ele:

A invasão pode acontecer a qualquer momento e, sejamos claros, pode ocorrer inclusive durante os Jogos Olímpicos

Por sua vez, as autoridades da Ucrânia deram declarações minimizando a fala do presidente norte-americano.”Não há nada de novo nesta declaração”, afirmou o ministroi das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba.

Além disso, uns dias atrás, o governo da Ucrânia já havia considerado um exagero a decisão de Washington de evacuar seu pessoal diplomático.

Conhecemos a posição dos Estados Unidos, que já fez esse tipo de declaração antes

alegou Kuleba a repórteres presentes.

Acrescentou ainda, “Eles já começaram a evacuar parte de seus funcionários da embaixada e familiares. Esta declaração não mostra nenhuma mudança radical na situação”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Greve das universidades federais
Política

Greve das Universidades Federais mantém tensão entre professores e o Governo Lula

A greve de universidades federais no país, que já dura quase dois meses, segue ativa, mantendo a tensão entre os professores federais e o Governo Lula. Por um lado, professores em greve afirmam que continuarão com a greve até receberem aumentos salariais. O governo, por sua vez, afirma que não há mais espaço no orçamento […]

Leia Mais
Macron
Política

Macron dissolve parlamento e convoca eleições legislativas antecipadas na França

No último domingo (9), o presidente da França, Emmanuel Macron, dissolveu o parlamento do país, a Assembleia Nacional, e convocou eleições legislativas antecipadas. A decisão do presidente francês foi tomada após uma pesquisa de boca de urna que mostrou que seu partido, Renascimento, seria derrotado pelo partido de oposição, União Nacional (RN), nas eleições parlamentares. […]

Leia Mais
Jorge Seif
Política

Senador Jorge Seif admite que defende imposto sobre importações porque paga o seu salário

O senador Jorge Seif (PL-SC), que se diz liberal, votou sim pela em 20% das compras internacionais até 50 dólares, que foi aprovada na última quarta-feira, 5, a taxação. O senador justificou seu voto, admitindo que tal imposto paga seu salário. O senador ainda recorreu às velhas falácias protecionistas e estatistas em defesa dos impostos […]

Leia Mais