Jovem preso nos EUA por dirigir uma fábrica caseira de cogumelos alucinógenos avaliados em U$ 8,5 milhões

Cogumelos alucinógenos

Um jovem da cidade de Burlington, Connecticut (EUA), foi preso pelo crime “hediondo” de dirigir um negócio lucrativo de cogumelos alucinógenos em sua casa. Weston Soule, de apenas 21 anos, foi acusado de comandar uma operação “ilegal” de cultivo de cogumelos alucinógenos da espécie psilocibinos, avaliados em US$ 8,5 milhões.

Operação de busca e apreensão

Segundo o site Fox 59, a Força-Tarefa Hartford da Drug Enforcement Administration e os detetives informaram que foram à casa fe Soule às 9 horas da manhã de quinta-feira, após terem recebido uma denúncia anônima (sempre elas).

Foto de Weston Soule. 
(FONTE: Polícia do Estado de Connecticut)

Ao chegarem ao local, os policiais viram equipamentos de ventilação em toda a casa que correspondiam àqueles usados em laboratórios clandestinos. Os detetives obtiveram um mandado de busca para entrar na casa depois que Soule não consentiu com uma busca na manhã de quinta-feira.

Os detetives então seguiram Soule até uma garagem separada na propriedade, onde eles disseram ter encontrado uma grande operação de cultivo de cogumelos. Soule alegou que o tipo de cogumelo que estava cultivando não era ilegal, disse a polícia.

Operação clandestina de cultivo de cogumelos encontrada na residência de Soule. 
(FONTE: Polícia do Estado de Connecticut)

Dentro da casa, os policiais disseram ter encontrado cogumelos psilocibinos – também chamados de cogumelos mágicos – em vários estágios de crescimento. Os cogumelos psilocibinos são normalmente consumidos por seus efeitos alucinógenos.

Soule admitiu que os cogumelos eram psilocibina e foi preso, de acordo com a polícia. O jovem de 21 anos foi acusado de posse com intenção de vender/distribuir narcóticos e operação de uma fábrica de drogas. Ele foi detido sob fiança de US$ 250.000 em dinheiro.

Operação clandestina de cultivo de cogumelos encontrada na residência de Soule. 
(FONTE: Polícia do Estado de Connecticut)

Preso pelo crime de práticas pacíficas

Um jovem Wesley Soule foi preso apenas pela atividade pacífica de fornecer algo que outras pessoas querem, enquanto ganha dinheiro por isso. Enquanto isso, no estado da Califórnia, furtos em loja de até U$ 950 ( R$4697,56) foram rebaixados de crime para contravenção. O que na prática deixou de ser algo sujeito à punição. E como consequência, levou a uma crescente onda de práticas do tipo nas lojas do estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lula Holocausto
Ética

Artigo do UOL em defesa da fala de Lula sobre Holocausto abre oportunidade para discutir pautas identitárias

A fala de Lula comparando os ataques de Israel a Palestina com o Holocausto, gerou uma onda de reações mistas a fala do petista. De um lado, vários grupos, principalmente os mais a direita, reprovaram a comparação do presidente, a acusando de falaciosa e um desrespeito aos judeus. O estado de Israel por sua vez […]

Leia Mais
PL da Censura
Ética

No STF, Lula volta a defender regulação das redes sociais

O presidente Lula voltou a defender a regulação das redes sociais, propondo punição para as empresas proprietárias pelos “crimes cometidos nas plataformas” sob sua responsabilidade. A fala do petista foi feita durante a abertura do Ano Judiciário de 2024, junto ao STF, realizada na última quinta-feira. Além de Lula, também participou da cerimônia o presidente […]

Leia Mais
Oposição a Putin
Ética

Legisladores russos aprovam confisco de bens de pessoas que desacreditam o exército

As autoridades políticas russas estão tomando todas as medidas para silenciar aqueles que apontam para o que de fato a invasão a Ucrânia é: um ataque aos civis ucranianos e suas respectivas propriedades. E para isso, a câmara baixa do parlamento russo aprovou na quarta-feira um projeto de lei que permitiria às autoridades confiscar dinheiro, […]

Leia Mais