Liberdade econômica no Brasil

Os rankings sobre liberdade econômica levam em consideração na composição de seus índices as variáveis e estatísticas oficiais, número de regulações e outros indicadores macroeconômicos, mas geralmente não computam diferenças setoriais ou entre tamanhos de empresas, ou a própria liberdade individual de empreendedorismo, distorcendo o resultado final.

O Brasil na verdade é ainda menos livre do que o exposto. Muito menos. Grande parte da opinião pública tende a achar que o grande número de lojas comerciais nas ruas das cidades brasileiras é sinônimo de liberdade econômica. Esse engano é muito usual.

Muitas dessas empresas operam com baixíssima lucratividade, outras apresentam uma razoável taxa de retorno mas operam muito alavancadas, estando patrimonialmente quebradas.

E finalmente a taxa de sobrevivência da micro, pequena e média empresa brasileira é baixíssima. A rotatividade faz parecer que temos uma economia livre e vibrante, com ruas comerciais repletas de empreendimentos comerciais. Mal sabe o povo que a esmagadora maioria são pequenos empresários indo para o abate.

Enquanto corporações, grandes fornecedores do estado e setores com maior capacidade de captura regulatória crescem, recebem subsídios e desfrutam de reservas de mercado, a esmagadora maioria é sacrificada. Até quando?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MP da tarifa de luz
Economia

Segundo ex-diretor da Aneel, MP assinada por Lula para baixar a conta de energia terá efeito contrário

Segundo Edvaldo Santana, ex-diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica, a medida provisória para baixar o valor da conta de luz, assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva na terça-feira (9), tem dispositivos que levarão ao efeito contrário. Segundo Edvaldo Santana e outros especialistas, haverá um aumento da tarifa para os consumidores. A MP […]

Leia Mais
Liga Hanseática
Economia

A Liga Hanseática: Um “Império” do Comércio

Era uma vez um fenômeno medieval do norte, tão sujeito a mitos universais e curiosidade quanto o das encantadoras cidades-república florescentes do sul: a Liga Hanseática dos séculos XIII ao XVI. “O Hansa” (alemão antigo para “associações”) ou “A Liga”, como era conhecido, começou como um tratado entre Lübeck e Hamburgo “para limpar a estrada […]

Leia Mais
Murray Rothbard Pânico de 1819
Economia

Pânico de 1819: A Primeira Grande Crise Econômica dos EUA

Em 1819, se iniciava a primeira grande crise econômica dos EUA. A primeira de muitas das grandes crises que vem abalando a maior economia do mundo. No entanto, essa crise teve algumas características que a diferenciam da maioria das crises subsequentes, como a não intervenção do estado para sua resolução, alem de sua curta duração: […]

Leia Mais