Líder supremo do Talibã faz primeira aparição

O misterioso líder supremo do Talibã, mulá Hibatullah Akhundzada, que todos tinham dado como ou morto, apareceu em público pela primeira vez desde sua nomeação, em 2016 – anunciou o governo afegão neste domingo (31).

O comandante dos crentes, o xeque Hibatullah Akhundzada, apareceu diante de uma grande congregação na famosa madraça Darul Uloom Hakimah e falou por 10 minutos com seus bravos soldados e discípulos

Disse o governo do Talibã em uma mensagem que acompanha um registro de áudio.

No áudio publicado nas redes do Talibã, o mulá recita orações e bênçãos. De acordo com uma fonte local, o líder supremo do Talibã chegou à escola corânica em Kandahar acompanhado por dois veículos.

Em seu primeiro discurso, Akhundzada não fez comentários políticos, apenas pediu a bênção de Deus sobre a liderança do Talibã.

O evento em Kandahar foi realizado sob fortes medidas de segurança, e a divulgação de fotos ou vídeos não foi permitida, apesar da mídia talibã tenha compartilhado o áudio de 10 minutos.

Ele também orou pelos “mártires” do movimento, pelos combatentes feridos e pelo sucesso dos funcionários do Emirado Islâmico no que ele chamou de “grande teste”.

Que Deus recompense o povo do Afeganistão que lutou contra os infiéis e a opressão por 20 anos

Declarou o líder religioso em seu discurso.

Após rápida campanha militar, acelerada pelo anúncio da retirada das tropas dos Estados Unidos do país, o Talibã voltou ao poder.

Com exceção de suas raras mensagens anuais para marcar feriados islâmicos, o líder do Talibã mantém a maior discrição possível sobre sua vida.

Ninguém sabia onde ele estava e se permanecia vivo, até a retirada das forças americanas do Afeganistão em agosto.

Uma única fotografia dele, com barba e turbante, foi distribuída. Akhundzada foi nomeado líder do Talibã em rápida transição de comando depois que um ataque de drone dos EUA matou seu antecessor, o mulá Akhtar Mansour, em 2016.

Até então, ele era uma figura pouco conhecida e participava mais de assuntos religiosos e jurídicos do que de ações militares.

Uma vez no comando, Akhundzada rapidamente obteve a lealdade do egípcio Ayman al-Zawahiri, o líder da Al-Qaeda, que o nomeou “emir dos crentes”, reforçando sua credibilidade no universo jihadista e sunita.

Como líder supremo, Akhundzada é responsável por manter a união dentro do Talibã, uma missão complexa devido às lutas internas que fragmentam o movimento islâmico radical.

O Talibã anunciou em setembro que seu líder supremo vivia “desde o início” do retorno ao poder em Kandahar e que iria aparecer “em breve em público”.

Temos reuniões regulares com ele sobre o controle da situação no Afeganistão e como administrar nosso governo

Garantiu na quarta-feira o governador de Kandahar, o mulá Yusef Wafa.

Ele dá conselhos a todos os líderes do Emirado Islâmico do Afeganistão e seguimos suas regras, seus conselhos, e, se temos um governo que progride, é graças a ele

Acrescentou.

Um “seminário” reunindo altos funcionários do Talibã em um lugar secreto é organizado atualmente em Kandahar, observou um jornalista da AFP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Homem tenta invadir residência oficial de Lula
Política

Tentativa de invasão a residência oficial de Lula no Palácio do Planalto

Na manhã deste sábado (24), houve uma tentativa de invasão do Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente Lula (PT). O petista estava presente quando um carro tentou invadir o local. A informação foi publicada primeiramente pelo site de notícias Metrópolis, e confirmada pela acessoria do presidente da República. Segundo a assessoria de comunicação da […]

Leia Mais
China x Tawian
Política

Pequim anuncia manobras militares perto das ilhas de Taiwan

“Nunca houve algo como águas ‘restritas’ ou ‘fora dos limites’ nas zonas de pesca tradicionais do Estreito (de Formosa)”, disse Zhu Fenglian, porta-voz do Escritório de Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado (o executivo chinês), segundo a agência de notícias oficial Xinhua. A porta-voz disse que o incidente “provocou indignação generalizada” na China e […]

Leia Mais
Política

Morre Alexei Navalny, um dos principais opositores de Putin

Em mais uma execução política, o líder da oposição russa, Alexei Navalny, morreu na prisão nesta sexta-feira. Navalny foi um dos mais vocais opositores do atual regime do Kremlin. A Gazeta Libertária havia escrito sobre sua mais recente condenação aqui. O serviço penitenciário da região disse que ele não se sentiu bem após uma caminhada […]

Leia Mais