Lula decide taxar videogames para compensar corte no IR

Lula decide taxar videogames

Se tratando do governo Lula, era esperado que ele compensasse a redução no IR com mais tributação. Assim como ele fez recentemente em relação aos combustíveis, o governo Lula também irá tributar os videogames no país.

Tributação de videogames

Nesta quarta-feira, o ministro da Fazenda Fernando Haddad, anunciou que os videogames seriam tributados no país. Segundo o petista a decisão visa “compensar” a mudança feita no IR este ano pelo presidente Lula.

“Vamos compensar a pequena perda de arrecadação com a tabela do IR com a tributação sobre esses jogos eletrônicos (videogames) que não pagam nenhum imposto e levam uma fortuna de dinheiro do País”, afirmou, em entrevista ao UOL. “Jogo no mundo inteiro é tributado e no Brasil não é”, acrescentou.

Ainda segundo o ministro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva já deu aval para a medida. “Vamos regulamentar em março, vamos mandar para a Casa Civil”, adiantou. “Estamos fazendo a estimativa de arrecadação e os números não estão convergindo. O modelo está pronto, mas precisamos de uma estimativa mais precisa. Mas é coisa da ordem de bilhões de reais, não muitos, mas alguns”, projetou.

O Leviatã não pode ficar com fome

Era de se esperar que Lula fosse compensar a mudança feita na tabela do IR. Desde sua campanha eleitoral ele deixou claro que iria aumentar os gastos públicos (que ele adora chamar de “investimentos”).

Além das esmolas (que ele chama de “programas sociais”) para as pessoas ingênuas que não entendem o custo que isso terá para elas, ainda há os agrados para os aliados, que não apoiaram Lula à toa.

Assim como a tributação sobre os combustíveis (que irá atingir fortemente a população, como será explicado futuramente), a tributação sobre os videogames faz parte da manobra para Lula e seu governo compensar as aparentes boas ações (alteração no IR) sem sacrificar sua gastança pública.

Mas assim como no anime Fullmetal Alchemist se pede uma alma pela outra, o lazer do jogador de videogames, que já é prejudicado pelo estado todo santo dia, será a alma a ser sacrificada.

Pirataria de videogames: a grande saída

Como bem demonstrado por Samuel Edward Konkin III em sua ideia de agorismo, a contraeconomia (práticas econômicas contrárias ao estado) é a grande solução frente às regulações e tributações estatais.

A grande saída para uma situação como essa da tributação de games (que irá reduzir sua oferta e a concorrência, e consequentemente aumentar seus preços) é a pirataria dos jogos. Tal iniciativa irá tornar o acesso aos videogames mais barato e ajudar a resgatar um pouco da liberdade dos consumidores.

Por mais que o estado venha tentando combater tal iniciativa, a pirataria de videogames ainda tem a incompetência do estado e a criatividade dos “pirateadores” ao seu lado. A grande esperança contra as amarras estatais são justamente essas iniciativas empreendedoras subversivas que abrem brechas e nos permitem respirar um pouco de liberdade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Renato Moicano
Ética

Renato Moicano: “Se você se preocupa com seu… país, leia Ludwig von Mises”

Na noite do último sábado, o lutador brasileiro Renato Moicano viralizou após sua vitória sobre JalinTurner no UFC 300, fazendo uma saudação ao próprio Ludwig von Mises. “Eu amo os Estados Unidos, amo a Constituição… quero portar… armas. Amo a propriedade privada. Vamos lhe dizer uma coisa. Se você se preocupa com seu país, leia […]

Leia Mais
Elon Musk e Alexandre de Moraes
Ética

Elon Musk ataca censura de Alexandre de Moraes e deixa esquerda em polvorosa

Na última sexta-feira, o CEO da rede social X, Elon Musk, respondeu a uma publicação de Alexandre de Moraes questionando o porque dele estar impondo tanta censura no Brasil. Na publicação em questão, Moraes parabenizava o ex-ministro do STF, Ricardo Lewandowski pelo novo cargo de Ministro da Justiça e Segurança Pública. Confira abaixo: Elon Musk […]

Leia Mais
Roseane Murray
Ética

O ataque de pitbulls contra a escritora e poetisa Roseane Murray

Na manhã de ontem (5), a escritora e poetisa Roseana Murray, de 73 anos, havia sofrido um violento ataque de 3 pitbulls enquanto caminhava em Saquarema, na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro. O incidente reacende a discussão sobre possuir ou não cachorros da raça pitbull. O inicidente A escritora e poetisa Roseane Murray […]

Leia Mais