Nego Di lidera arrecadações e resgates de desabrigados no Rio Grande do Sul

Nego Di

O humorista e ex-BBB, Nego Di, segue ajudando desabrigados pelas enchentes no Rio Grande do Sul, tanto arrecadando doações quanto liderando equipes de resgate. O humorista também criticou a ineficiência de Eduardo Leite e a ousadia em pedir doações em pix para um dos estados que mais paga impostos no Brasil.

Arrecadações e resgate

Através das redes sociais, Nego Di têm orientado a população de outros estados sobre como podem fazer para ajudar o povo do Rio Grande do Sul. O ex-BBB também tem se mobilizado para conseguir barcos e helicópteros para auxiliar nos resgates às vítimas das enchentes.

No último domingo, o humorista esteve esteve em Canoas, uma das cidades mais afetadas pelos alagamentos. Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, Nego Di revelou quais insumos urgentes são necessários para ajudar as vítimas. Ele também comentou sobre a falta de água potável.

“A galera de Canoas ainda está precisando de ajuda. Precisa de jetski, barco, óleo, gasolina, de água, muita água, sanduíche, cachorro quente, marmita. Quem quer ajudar faz comida e doa para essa galera”

informou Nego Di

Nego Di relata dificuldades

Nego Di também comentou que à noite, chega a bater um desespero maior para conseguir resgatar as pessoas que ainda estão ilhadas. “Aproveitar que é cedo, tem que comprar lanterna porque ontem ficou de noite e a galera ficou desesperada para socorrer no escuro e ficou ruim porque a gente não conseguia lanterna”, disse Nego Di.

Ele também comentou sobre a falta de água potável e alertou que é preciso se cuidar para ajudar o próximo, já que ele chegou a passar um dia sem beber água. “Quem for ajudar, cuida para não ser vítima também”.

“Ontem eu fiquei o dia todo sem tomar um gole d’água, não comi nada. Comi só um pão antes de dormir e acordei mal, estou com uma tremedeira, dor de cabeça infernal, dor no estômago, tô enjoado, fraco. Eu quero e vou ajudar hoje, só que se o cara não se ajudar ele não consegue dar continuidade”

comentou Nego Di

Críticas ao governador Eduardo Leite

Nego Di também criticou o pedido de pix do governador Eduardo Leite e pediu que as pessoas não façam suas doações para a vakinha disponibilizada pelo governador do estado. Ele reclamou da inconsistência do governador de um dos estados que mais paga imposto no Brasil, fazer uma vakinha e pedir pix, sendo que o estado supostamente deveria ter esse dinheiro o suficiente para ajudar.

“Não manda dinheiro pro estado. Tudo que eles recolhem, que é bilhões, trilhões de impostos por ano, tem que ser o suficiente para ajudar as pessoas e se não for eles não tem que ter essa cara de pau de pedir pix, de pedir dinheiro pro cidadão que já está trancado dentro de casa”

Como ajudar

Para quem quiser ajudar a população desabriada do Rio Grande do Sul, segue uma lista confiável de iniciativas que estão ajudando:

Bitcoin É Aqui (Rolante-RS) / 1786795003605364878 PIX: 51.299.707/0001-81

Raphael (Esteio-RS) / 1787247489579368697 Pix: a631752b-ff7a-4c1f-9e02-45d04b6b2517

Igreja Presbiteriana de Canoas / 1786468398408269829 Pix: [email protected]

Diocese de Caxias do Sul / 1786468951892824188 Pix: [email protected]

Igreja Batista de Lajeado Pix: 90.803.701/0001-51 (Para contabilizar a doação, as doações devem terminar com 1 centavo. Ex: R$20,01)

Igreja Presbiteriana de Santa Maria: Banco: 290 – PagSeguro Internet Instituição de Pagamento S.A.Agência: 0001Número da conta: 55071669-0 Tipo: Conta de pagamento CNPJ: 31.662.945/0001-00

Diocese de Novo Hamburgo Pix: [email protected]

PORTO ALEGRE Brasa Church / 1787279647811453275 Pix: [email protected]ções físicas: Av. Cipó, 450, Porto Alegre.

Rafael Sobis / 1787280608659443752 Pix: [email protected]

Renata Barreto / 1787196723917455578 Pix: 008.768.770-48 (Lucas Ferraz)

Paula Immich AtelierAv. Cel. Lucas de Oliveira, 639, Petrópolis, Porto Alegre – RS, 90450-045. Doações de roupas, cobertores e água!

Arquidiocese de Porto Alegre / 1787281172797554824 Banco Banrisul: Agência 0834 Conta corrente: 06.102966.0-6 ou Pix: 92.679.935/0001-64

Igreja Luterana do Brasil Pix: [email protected]

Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil Pix: [email protected]

Igreja Metodista 2ª Região Eclesiástica – Pix: [email protected]

Junta das Missões da Convenção Batista do Rio Grande do SulPix: 92.986.256/0001-38 (Para contabilizar a doação, as doações devem terminar com 1 centavo. Ex: R$20,01)

CNBB Regional Sul 3 – Pix: 33685686001041 Bétulas Studio Alphaville (São Paulo – SP) / 1787293784830627850 Endereço: Praça das rosas, 100, Centro comercial de Alphaville. Alimentos não perecíveis, sapatos, produtos de higiene, cobertores, fraldas, leite em pó, roupas de cama e banho.

Site Vakinha: [email protected]

Projeto Nono Giacomelli Chave pix: [email protected]

2 thoughts on “Nego Di lidera arrecadações e resgates de desabrigados no Rio Grande do Sul

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Samourai Wallet
Ética

A prisão de desenvolvedores de carteiras Samourai mostra que o governo dos EUA odeia privacidade e liberdade

Em 24 de abril, dois desenvolvedores líderes da Samourai Wallet (SW), a carteira centrada na privacidade mais avançada do ecossistema bitcoin, foram presos e acusados de crimes de lavagem de dinheiro e violações na transmissão de dinheiro por ordem do Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ). Este é apenas o mais recente ataque de […]

Leia Mais
Caminhão do MTST
Ética

Caminhão do MTST que levava marmitas para desabrigados no RS é apreendido por estar com IPVA vencido

Na última segunda-feira, um caminhão do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) que transportava marmitas para desabrigados em Porto Alegre foi guinchado pela Brigada Militar. Segundo a BM, o veículo foi apreendido na Avenida Bento Gonçalves por estar com o IPVA, o Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotores, vencido. O ocorrido foi divulgado no […]

Leia Mais
William Ling
Ética

Família Ling quer reconstruir pontes e estradas no Rio Grande do Sul

A família Ling — cujo patriarca começou a vida do zero e fez fortuna no Rio Grande do Sul — se comprometeu a doar R$ 50 milhões para obras emergenciais de infraestrutura. A iniciativa visa ajudar as comunidades a reconstruírem pontes e estradas destruídas pelas inundações. “Quando meu pai chegou no Rio Grande do Sul […]

Leia Mais