O ataque hacker ao perfil da Câmara dos Deputados no X

Ataque hacker Câmara dos Deputados

Na manhã deste sábado, às 11h09, ocorreu um ataque hacker ao perfil da Câmara dos Deputados na rede social X. Após assumir o comando da conta, o hacker fez uma postagem onde afirmava que Moraes e Lula estariam planejando um golpe de estado no Brasil. A postagem ficou pouco mais de 10 minutos no ar.

Na postagem, o hacker havia deixado a seguinte mensagem:

“O DITADOR Alexandre de Moraes destrói a democracia. Estão planejando um golpe de Estado orquestrado pelo Alexandre e por @LulaOficial. Serei caçado, mas estou lutando contra.”

Após o ataque, a Câmara dos Deputados abriu uma investigação interna e acionou a polícia para fazer uma apuração do caso. Em nota, a assessoria de Comunicação da Câmara dos Deputados confirmou a invasão à rede e disse que “trocou a senha de acesso da conta para que novos ataques sejam evitados”.

Na publicação, o hacker também havia marcado os perfis do ex-presidente Jair Messias Bolsonaro, do seu filho Carlos Eduardo, do Pastor Silas Mafaia, e também do influêncer Monark.

Um ataque hacker um tanto suspeito

É impossível falar deste ataque hacker ao perfil da Câmara dos Deputados no X e não se lembrar do caso similiar que aconteceu com o perfil da primeira dama, Janja. Apesar do jovem em questão ter assumido o ataque, não se sabe até agora como os dados de acesso a conta haviam vazado.

E assim como o ataque sofrido por Janja, este último ataque tambem poderá ser usado como pretexto pela esquerda e o STF pressionarem pela votação da PL da Censura.

Óbvio, o ataque pode realmente ter sido feito por algum simpatizante de Bolsonaro e das figuras marcadas na publicação. No entanto, se for o caso, essa pessoa seria no mínimo imprudente por deixado isso tão óbvio.

E exatamente por isso que a suspeita levantada por muitos de que tal ataque pode ter sido orquestrado, faz sentido. Afinal, o STF e a esquerda vem tentando reforçar a ideia de que Bolsonaro é uma grande ameaça que ainda precisa ser vencida. E é claro, ambos vem fazendo uso disto para justificar seu abuso de poder para “o bem da democracia”.

Mas e aí, qual sua opnião sobre isso? Deixe aí nos comentários.

One thought on “O ataque hacker ao perfil da Câmara dos Deputados no X”

  1. É um tanto hilário que um Hacker tenha invadido essa conta apenas para deixar uma mensagem tosca qualquer (Se houve um “golpe”, ele ja foi feito em 2020, no início da tão aclamada “pandemia”) e mencionar diversos indivíduos perseguidos pelo STF, como se isso não fosse servir de pretexto para os ministros endurecerem a perseguição. Se ele realmente queria ameaçar os ministros de alguma forma e não foi simplesmente uma farsa orquestrada, certamente será apenas mais um bode expiatório…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Greve das universidades federais
Política

Greve das Universidades Federais mantém tensão entre professores e o Governo Lula

A greve de universidades federais no país, que já dura quase dois meses, segue ativa, mantendo a tensão entre os professores federais e o Governo Lula. Por um lado, professores em greve afirmam que continuarão com a greve até receberem aumentos salariais. O governo, por sua vez, afirma que não há mais espaço no orçamento […]

Leia Mais
Macron
Política

Macron dissolve parlamento e convoca eleições legislativas antecipadas na França

No último domingo (9), o presidente da França, Emmanuel Macron, dissolveu o parlamento do país, a Assembleia Nacional, e convocou eleições legislativas antecipadas. A decisão do presidente francês foi tomada após uma pesquisa de boca de urna que mostrou que seu partido, Renascimento, seria derrotado pelo partido de oposição, União Nacional (RN), nas eleições parlamentares. […]

Leia Mais
Jorge Seif
Política

Senador Jorge Seif admite que defende imposto sobre importações porque paga o seu salário

O senador Jorge Seif (PL-SC), que se diz liberal, votou sim pela em 20% das compras internacionais até 50 dólares, que foi aprovada na última quarta-feira, 5, a taxação. O senador justificou seu voto, admitindo que tal imposto paga seu salário. O senador ainda recorreu às velhas falácias protecionistas e estatistas em defesa dos impostos […]

Leia Mais