O Gênesis de Lula – O “Pai dos Pobres”

São Lula, Pai dos Pobres

No princípio, criou Lula, o PT e o Foro de São Paulo.

E o Foro de São Paulo era sem forma e vazio; e havia trevas sobre a face da América Latina; e o Espírito de Bolívar se movia sobre a face da Venezuela.

E disse Lula: Haja Sindicato; e houve Sindicato.

E viu Lula que era bom o Sindicato; e fez Lula separação entre o Sindicato e o Profissional Liberal.

E Lula chamou o Sindicato de Bom; e o Profissional Liberal chamou Mau. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.

E disse Lula: Haja uma expansão no meio dos pobres, e haja separação entre pobres e pobres.

E fez Lula a expansão, e fez separação entre os pobres que estavam debaixo da expansão e os pobres que estavam sobre a expansão; e assim foi.

E chamou Lula à expansão Proletariado, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo.

E disse Lula: Ajuntem-se a América Latina debaixo dos Proletariados num lugar; e apareça a porção Burguesa; e assim foi.

E chamou Lula à porção Burguesa Opressora; e ao ajuntamento de Proletariado chamou Revolucionários; e viu Lula que era bom.

E disse Lula: Produza a América Latina erva verde, erva que dê brisa, árvore frutífera que dê fruto segundo a necessidade dos companheiros, cuja negociação está sempre nebulosa; e assim foi.

E a América Latina produziu erva, erva dando semente conforme a FARC pedia, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme o Fidel o quer; e viu Lula que era bom.

E foi a tarde e a manhã, o dia terceiro.

E disse Lula: Haja manipulação na expansão Proletária, para haver separação entre o Pobre Sindicalizado e o Pobre Liberal; e sejam eles para confrontos e para tempos de manifestações e para dias de luta política.

E sejam para morrer por nós na expansão do Proletariado, para nos sustentar com altos impostos; e assim foi.

E fez Lula os dois grandes programas: o Bolsa Empresário para governar a Burguesia, e “criou” (apoderou-se) [o/do] Bolsa Família para governar o Proletariado; e fez o Lulopetismo.

E Lula os pôs na expansão do Brasil para iluminar a Nação,

E para governar o rico e o pobre, e para fazer separação entre nós e eles; e viu Lula que era bom.

E foi a tarde e a manhã, o dia quarto.

E disse Lula: Produzam miseráveis, abundantemente, dependentes do Estado; e voem para as urnas votarem naquele que dá esmola.

E Lula criou (apoderou-se) [as/das] grandes empresas estatais, e todo empreiteiro de alma carente veio abundantemente ceder seus contratos superfaturados; e todo empresário canhoto enxergava ali uma oportunidade; e viu Lula que era bom.

E Lula os abençoou, dizendo: Frutificai as obras e palestras fictícias, e enchei as contas no exterior; e os marqueteiros se multipliquem na terra.

E foi a tarde e a manhã, o dia quinto.

E disse Lula: Produza o BNDES empréstimos com juros baixos; dinheiro lavado, e atrasos perdoados conforme a vontade do cliente; e assim foi.

E fez Lula os banqueiros prosperarem conforme a sua espécie, e o povo gastar o que não podiam conforme a sua espécie, e todo mundo, exceto os mais privilegiados, se prejudicaram conforme a sua espécie; e viu Lula que era bom.

E disse Lula: façamos a Dilma à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre a mandioca, e sobre todos que possuem acefalia figurada, que ouvem o discurso e aplaudem sem entender seu conteúdo.

E criou Lula a Dilma à sua imagem; à imagem de Lula a criou; Dilma homem/mulher a criou.

E Lula a abençoou, e Lula lhe disse: discursai e berrai, e enchei a paciência, e chateai; e dominai sobre os mais ignorantes, e sobre todo o animal que se move sobre a terra, especialmente o cachorro.

E disse Lula: Eis que tenho dado toda a Petrobrás, que está sobre o território nacional; e toda a Pasadena nos EUA, e o Porto de Mariel em Cuba, ser-vos-á para enriquecimento.

E a todo político profissional, e a toda mídia-ninja-apartidária, e a toda universidade pública, e todos os movimentos sociais, e a todos os artistas que praticam o ódio do bem lhe será como braço nas redes sociais.

E viu Lula tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.

No sétimo dia, Lula pediu direito de resposta a tudo quanto havia criado e descansou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Greve das universidades federais
Política

Greve das Universidades Federais mantém tensão entre professores e o Governo Lula

A greve de universidades federais no país, que já dura quase dois meses, segue ativa, mantendo a tensão entre os professores federais e o Governo Lula. Por um lado, professores em greve afirmam que continuarão com a greve até receberem aumentos salariais. O governo, por sua vez, afirma que não há mais espaço no orçamento […]

Leia Mais
Macron
Política

Macron dissolve parlamento e convoca eleições legislativas antecipadas na França

No último domingo (9), o presidente da França, Emmanuel Macron, dissolveu o parlamento do país, a Assembleia Nacional, e convocou eleições legislativas antecipadas. A decisão do presidente francês foi tomada após uma pesquisa de boca de urna que mostrou que seu partido, Renascimento, seria derrotado pelo partido de oposição, União Nacional (RN), nas eleições parlamentares. […]

Leia Mais
Jorge Seif
Política

Senador Jorge Seif admite que defende imposto sobre importações porque paga o seu salário

O senador Jorge Seif (PL-SC), que se diz liberal, votou sim pela em 20% das compras internacionais até 50 dólares, que foi aprovada na última quarta-feira, 5, a taxação. O senador justificou seu voto, admitindo que tal imposto paga seu salário. O senador ainda recorreu às velhas falácias protecionistas e estatistas em defesa dos impostos […]

Leia Mais