sábado, dezembro 3, 2022

O Gênesis de Lula, O “Pai dos Pobres”

No princípio, criou Lula, o PT e o Foro de São Paulo.

E o Foro de São Paulo era sem forma e vazio; e havia trevas sobre a face da América Latina; e o Espírito de Bolívar se movia sobre a face da Venezuela.

E disse Lula: Haja Sindicato; e houve Sindicato.

E viu Lula que era bom o Sindicato; e fez Lula separação entre o Sindicato e o Profissional Liberal.

E Lula chamou o Sindicato de Bom; e o Profissional Liberal chamou Mau. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro.

E disse Lula: Haja uma expansão no meio dos pobres, e haja separação entre pobres e pobres.

E fez Lula a expansão, e fez separação entre os pobres que estavam debaixo da expansão e os pobres que estavam sobre a expansão; e assim foi.

E chamou Lula à expansão Proletariado, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo.

E disse Lula: Ajuntem-se a América Latina debaixo dos Proletariados num lugar; e apareça a porção Burguesa; e assim foi.

E chamou Lula à porção Burguesa Opressora; e ao ajuntamento de Proletariado chamou Revolucionários; e viu Lula que era bom.

E disse Lula: Produza a América Latina erva verde, erva que dê brisa, árvore frutífera que dê fruto segundo a necessidade dos companheiros, cuja negociação está sempre nebulosa; e assim foi.

E a América Latina produziu erva, erva dando semente conforme a FARC pedia, e a árvore frutífera, cuja semente está nela conforme o Fidel o quer; e viu Lula que era bom.

E foi a tarde e a manhã, o dia terceiro.

E disse Lula: Haja manipulação na expansão Proletária, para haver separação entre o Pobre Sindicalizado e o Pobre Liberal; e sejam eles para confrontos e para tempos de manifestações e para dias de luta política.

E sejam para morrer por nós na expansão do Proletariado, para nos sustentar com altos impostos; e assim foi.

E fez Lula os dois grandes programas: o Bolsa Empresário para governar a Burguesia, e “criou” (apoderou-se) [o/do] Bolsa Família para governar o Proletariado; e fez o Lulopetismo.

E Lula os pôs na expansão do Brasil para iluminar a Nação,

E para governar o rico e o pobre, e para fazer separação entre nós e eles; e viu Lula que era bom.

E foi a tarde e a manhã, o dia quarto.

E disse Lula: Produzam miseráveis, abundantemente, dependentes do Estado; e voem para as urnas votarem naquele que dá esmola.

E Lula criou (apoderou-se) [as/das] grandes empresas estatais, e todo empreiteiro de alma carente veio abundantemente ceder seus contratos superfaturados; e todo empresário canhoto enxergava ali uma oportunidade; e viu Lula que era bom.

E Lula os abençoou, dizendo: Frutificai as obras e palestras fictícias, e enchei as contas no exterior; e os marqueteiros se multipliquem na terra.

E foi a tarde e a manhã, o dia quinto.

E disse Lula: Produza o BNDES empréstimos com juros baixos; dinheiro lavado, e atrasos perdoados conforme a vontade do cliente; e assim foi.

E fez Lula os banqueiros prosperarem conforme a sua espécie, e o povo gastar o que não podiam conforme a sua espécie, e todo mundo, exceto os mais privilegiados, se prejudicaram conforme a sua espécie; e viu Lula que era bom.

E disse Lula: façamos a Dilma à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre a mandioca, e sobre todos que possuem acefalia figurada, que ouvem o discurso e aplaudem sem entender seu conteúdo.

E criou Lula a Dilma à sua imagem; à imagem de Lula a criou; Dilma homem/mulher a criou.

E Lula a abençoou, e Lula lhe disse: discursai e berrai, e enchei a paciência, e chateai; e dominai sobre os mais ignorantes, e sobre todo o animal que se move sobre a terra, especialmente o cachorro.

E disse Lula: Eis que tenho dado toda a Petrobrás, que está sobre o território nacional; e toda a Pasadena nos EUA, e o Porto de Mariel em Cuba, ser-vos-á para enriquecimento.

E a todo político profissional, e a toda mídia-ninja-apartidária, e a toda universidade pública, e todos os movimentos sociais, e a todos os artistas que praticam o ódio do bem lhe será como braço nas redes sociais.

E viu Lula tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.

No sétimo dia, Lula pediu direito de resposta a tudo quanto havia criado e descansou.

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

spot_img

CONFIRA