PCO acusa Jones Manoel e Boulos de serem financiado por “imperialistas”

PCO acusa Jones Manoel e Boulos de serem financiado por "imperialistas"

Em um artigo recente no site Diário da Causa Operária (DCO), o PCO (Partido da Causa Operária) fez duras críticas ao youtuber, historiador e ativista político, Jones Manoel, e o acusou de ser financiado por empresas “imperialistas” (que fariam parte do plano dos EUA de dominar o mundo).

Esta não é a primeira vez que o PCO faz críticas à outras alas da esquerda. É de praxe o site sempre atacar a esquerda progressista principalmente por suas pautas identitárias e censura contra o discurso politicamente incorreto. O PCO sempre apontou isso como uma postura de uma esquerda “pequeno-burguesa” que só aumenta um estado que poderá ser usado com quem não estiver de acordo com a agenda, e isso inclui o próprio PCO.

Jones Manoel à serviço do imperialismo?

O youtuber havia feito um vídeo em resposta a uma série de artigos do DCO onde são expostos os partidos de esquerda que são financiados por empresas que o PCO afirmou serem antipetistas e que ajudaram a derrubar o PT no país. Em resposta, Jones Manoel disse em seu vídeo que:

Hoje, no Brasil, é muito difícil achar algum Movimento social que não tenha financiamento da Fundação Ford, Rockefeller, de uma ong americana

E continuou:

Não é porque a pessoa é de um movimento social que captou recursos num fundo que tem dinheiro da Ford ou Bill Gates que ele serve ao imperialiSmo

No entanto, para o PCO, ser financiado por ONGs e empresas americanas com interesses políticos equivale a ser agente dos EUA.

Em um trecho do artigo do DCO é dito que:

Quando afirma que uma pessoa não é agente dos EUA só porque é financiado por eles, Jones Manoel mostra sua desonestidade intelectual e política.

De fato, um agente da CIA é um funcionário, recrutado, treinado e com um pagamento regular. Recebe um salário ou alguma coisa próxima disso para agir como um espião, agente provocador ou algo assim.

O que está em questão quando se diz que determinada organização ou personalidade da esquerda age a serviço do imperialismo é que procura-se mostrar, em primeiro lugar, que sua política de uma forma ou de outra obedece ou está em acordo com os interesses imperialistas.

E mais:

A CIA, assim como qualquer serviço estatal de inteligência de uma potência imperialista, não tem apenas empregados regulares e oficiais. Tem inúmeros agentes que prestam serviços irregulares, pontuais. Tem, também, outros que são utilizados como fantoches sem mesmo o saberem. Isso foi demonstrado, por exemplo, pela pesquisadora Francis Stonor Saunders em seu livro “Quem pagou a conta?”, que menciona uma série de artistas e intelectuais que receberam financiamento da CIA ─ via fundações, como a própria Fundação Ford ─ para realizarem apenas e tão somente o trabalho que já vinham realizando. E por quê? Porque o governo dos EUA acreditava que esse trabalho era importante para combater ideológica e culturalmente as posições revolucionárias e anti-imperialistas, e assim era de interesse do imperialismo promover as posições moderadas pois estas não representavam perigo algum ao imperialismo e deveriam ser predominantes na esquerda para domesticá-la.

Guilherme Boulos também é apontado como terceirizado do “imperialismo”

Outro ativista político de esquerda apontado pelo PCO como financiado por empresas “imperialistas” é o professor de filosofia e membro do MTST Guilherme Boulos. O mesmo concorreu ao cargo de prefeito de São Paulo em 2020 e à presidência em 2018.

O PCO fez um levantamento de dados da empresa que financiou a campanha de Boulos, IREE (Instituto para Reforma das Relações entre Estado e Empresa), empresa que pertencente à Walfrido Warde, que possui ligações com o ex ministro de Michel Temer, Sérgio Etchegoyen e o ex-chefe da polícia federal, Leandro Daiello. Todos estes são apontados como apoiadores do “golpe” (impeachment) da ex-presidente Dilma Rousseff.

O artigo ainda diz que que essa mesma fundação promoveu vários protestos com a intenção de causar instabilidade no governo petista para que assim um governo que permitisse a venda do Pré-Sal para os EUA viesse ao poder.

O teto de vidro do PCO

Mesmo acusando seus camaradas políticos de servirem aos interesses do “imperialismo americano” e mostrá-los como meras ferramentas de poder destes, o PCO também não tem muito do que se orgulhar. O partido defende vigorosamente o PT enquanto nega todas as evidências de corrupção e trocas de favores para que seus líderes se mantivessem no poder.

É óbvio que a Operação Lava Jato foi um jogo político para tirar o PT do caminho. E com isso não se está dizendo que as acusações contra o PT não procedem, mas apenas que se fosse do interesse dos responsáveis pela operação manter o PT no poder ela não teria começado, mesmo com todas as provas. Isso é como a política funciona, principalmente no Brasil.

Mas é compreensível que o PCO defenda o PT com unhas e dentes, afinal, o mesmo é um partido com pouca representatividade política, sendo assim enxerga no PT uma esperança que as ideias de extrema-esquerda predominem em um futuro próximo.

No entanto, foi importante esse apontamento do PCO contra demais partidos de esquerda, o que já serve para os mais incautos entenderem como funciona o jogo político.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Homem tenta invadir residência oficial de Lula
Política

Tentativa de invasão a residência oficial de Lula no Palácio do Planalto

Na manhã deste sábado (24), houve uma tentativa de invasão do Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente Lula (PT). O petista estava presente quando um carro tentou invadir o local. A informação foi publicada primeiramente pelo site de notícias Metrópolis, e confirmada pela acessoria do presidente da República. Segundo a assessoria de comunicação da […]

Leia Mais
China x Tawian
Política

Pequim anuncia manobras militares perto das ilhas de Taiwan

“Nunca houve algo como águas ‘restritas’ ou ‘fora dos limites’ nas zonas de pesca tradicionais do Estreito (de Formosa)”, disse Zhu Fenglian, porta-voz do Escritório de Assuntos de Taiwan do Conselho de Estado (o executivo chinês), segundo a agência de notícias oficial Xinhua. A porta-voz disse que o incidente “provocou indignação generalizada” na China e […]

Leia Mais
Política

Morre Alexei Navalny, um dos principais opositores de Putin

Em mais uma execução política, o líder da oposição russa, Alexei Navalny, morreu na prisão nesta sexta-feira. Navalny foi um dos mais vocais opositores do atual regime do Kremlin. A Gazeta Libertária havia escrito sobre sua mais recente condenação aqui. O serviço penitenciário da região disse que ele não se sentiu bem após uma caminhada […]

Leia Mais