Preço dos alimentos é o maior em 10 anos

Pandemia, crise energética, problemas nas colheitas, depreciação da moeda, aumento dos preços dos fertilizantes e inflação galopante estão entre os motivos que explicam o aumento em quase 30% do preço dos alimentos nos últimos anos.

Apesar do nível de produção da nossa sociedade ser tamanho e o maior já visto na história da humanidade até então, a última década representou uma crise na vida das pessoas. Financeira, política, moral e econômica. A política nunca andou bem, mas a sensação que passa é que as coisas estão se afunilando cada vez mais.

Nos primeiros dias de 2022, a FAO ( Organização para a Alimentação e Agricultura), anunciou por meio de um relatório um aumento de 28% em todo mundo nos preços dos alimentos, tendo no último mês, dezembro uma leve queda nesses números.

O quê está por trás do aumento de preço dos alimentos?

A primeira coisa que alguém que desconhece a ciência econômicas pensa a respeito do aumento dos preços, é que isso é devido aos empresários estarem cada vez mais ambiciosos e gananciosos. Porém, as coisas vão além de um simples desejo de procurar culpar uma certa classe ou grupo social.

Como foi falado no início, o nível de produção da nossa sociedade aumentou estrondosos amente, comparado ao que as pessoas enfrentavam em tempos que não havia máquinas e tecnologias, porém o poder de compra das pessoas está a cada dia mais baixo.

A nossa moeda de curso forçado, o real, tem se mostrado fraca e uma péssima reserva de valor. E nesse ano de eleição, os políticos, que se apresentam como salvadores da sociedade, vão conseguir ainda mais depreciar a nossa moeda que já anda de mal a pior, em ano de eleição, o populismo e as promessas de rios e fundos são sempre um traço marcante.

No final, aqueles que produzem serão condenados no tribunal inquisitorial pelo andamento da economia, e os verdadeiros culpados e sabotadores vão sair como mocinhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Praça de Maio
Economia

Mises na Argentina: lições do passado para hoje

Ludwig von Mises visitou a Argentina em junho de 1959 a convite do Dr. Alberto Benegas Lynch. As palestras que Mises proferiu na Universidade de Buenos Aires foram reproduzidas no livro ‘Economic Policy: Thoughts for Today and Tomorrow‘ (Política Econômica: Pensamentos para Hoje e Amanhã, lançado no Brasil como ‘As Seis Lições‘). Como o título […]

Leia Mais
Caridade
Economia

Entendendo o Verdadeiro Significado da Caridade

Na edição de janeiro-fevereiro da revista The Misesian, o economista Jörg Guido Hülsmann fala sobre os insights que o levaram a escrever seu livro ‘Understanding the True Meaning of Charity’ (‘Entendendo O Verdadeiro Significado da Caridade’, ainda sem tradução no Brasil). Confira abaixo a entrevista. The Misesian (TM): A economia das doações e da caridade […]

Leia Mais
Economia

A conta chegou: alta de inflação e dos juros e queda do PIB

Analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Banco Central (BC) mostraram um maior pessimismo em relação a economia do país, voltando a revisar para cima as projeções de juros e inflação para este ano. As informações foram divulgadas no Boletim Focus desta segunda-feira, 20. As previsões pessimistas são reflexo das políticas keynesianas nas quais o governo […]

Leia Mais