PLS383 – Regulamentação de eSports

Em 2017, o senador Roberto Rocha (PSDB) propôs um projeto de lei sobre a regulamentação da “prática esportiva eletrônica” ou eSports.

Com o passar do tempo, o projeto foi deixado de lado. Porém, agora em 2019, o senador Eduardo Gomes (MDB) trouxe novamente o projeto de lei a tona.

O projeto já está em votação no site oficial do senado e você pode opinar a respeito clicando aqui. A votação já conta com mais de 39 mil votos contrários e 6 mil votos a favor. Para mais informações acerca do projeto, clique aqui.

De acordo com os relatores, a proposta visa, entre outros objetivos: o combate contra a discriminação, categorizar um e-sporter como atleta, propôr a competição saudável (Fair play) e oficializar o dia do “atleta eletrônico”, a ser comemorado dia 27 de julho. Contudo, jogos violentos não serão considerados e-sports.

Em outro episódio, um deputado do PSL quis proibir jogos violentos no Brasil.

O Raphaël Lima, do canal Ideias Radicais, fez um vídeo acerca do projeto de lei:

Ontem, no dia 21 de Novembro, no Twitter, diversas figuras conhecidas nos diversos cenários dos sPorts e no meio dos jogos eletrônicos comentaram a audiência que ocorreu no dia e se posicionaram contrários ao projeto de lei com a #TodosContraPLS383. Confira:

O resultado ainda é incerto, mas a grande maioria das pessoas envolvidas com eSports é contrária à regulamentação e os agentes estatais seguem ignorando o desejo destes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contrato Private Law Society
Criptomoedas Direito

Assinado o primeiro contrato via Private Law Society, plataforma de arbitragem privada que usa Bitcoin

Foi assinado neste dia 1° de dezembro, o primeiro contrato da Private Law Society,  um projeto baseado em Bitcoin para fazer arbitragem privada e efetuar contratos. O anúncio foi feito no X pelo Júlio Santos, idealizador do projeto. Continuando o fio nos comentários, Júlio Santos informou que os árbitros do contrato tiveram a força para […]

Leia Mais
Alexandre de Moraes TSE
Direito

Moraes aplica R$ 600 mil em multas a donos de perfis no X antes mesmo de TSE intimá-los

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes, impôs multas à Wagner Pereira e Rita de Cássia Serrão, que, ao todo, devem ficar em torno de R$ 600 mil, devido à publicações consideradas “antidocráticas” no X (antigo Twitter). A medida vem de uma decisão de Moraes, feita em junho, onde o ministro impôs uma multa diária […]

Leia Mais
Correios
Direito

STF agora permite abertura de encomendas suspeitas de “conteúdo ilícito”

Foi decidido pelo STF, em uma sessão realizada nesta quinta-feira (30), que agora é válida a abertura de encomendas postadas nos Correios por funcionários da empresa, desde que haja indícios fundamentados da prática de “atividade ilícita”. O STF também informa que será necessário formalizar as providências adotadas para permitir o posterior “controle administrativo ou judicial”. […]

Leia Mais