Como a regulamentação protege as grandes empresas

empresas

Em várias palestras (longas ou curtas) e artigos sobre grandes negócios, enfatizei o ponto de que as empresas já estabelecidas no mercado frequentemente fazem lobby por mais regulamentação, dão benefícios generosos a políticos de todos os lados e se beneficiam de um ambiente em que o governo desempenha um grande papel na economia.

A regulamentação torna muitas empresas maiores e mais burocráticas do que seriam de outra forma. Murray Rothbard, com base em estudiosos anteriores, como Gabriel Kolko, fez disso um tema importante de seu trabalho sobre a história da regulamentação.

É bom ouvir o argumento de que a regulamentação ajuda grandes empresas politicamente conectadas pela boca do cavalo – isto é, por uma das empresas regulamentadas. E nos Estados Unidos não há cavalo maior do que o Goldman Sachs, que está tão intimamente ligado a Washington que é praticamente um quarto braço do governo dos Estados Unidos.

Aqui está uma fala do CEO da Goldman, Lloyd Blankfein, em uma entrevista de 2015:

Agora direi a você algo interessante sobre nossa empresa: Todas as indústrias estão sendo interrompidas, em certa medida, por novos participantes vindos da tecnologia. Nós novamente sendo, você sabe, orientados para a tecnologia, tentamos nos virar e tentar descobrir o que é a inovação do momento e chegar a novas plataformas, novas formas de distribuição, novos produtos. Mas de certa forma é muito difícil para participantes de fora entrarem e atrapalharem o nosso negócio, simplesmente porque somos muito regulamentados. Você ouvirá pessoas em nosso setor falar sobre a regulamentação. E eles falam sobre isso, você sabe, com um suspiro: Veja os fardos da regulamentação. Mas em alguns casos, a pesada regulamentação funciona como um fosso ao redor do nosso negócio.

Em outras palavras, a regulamentação pode servir como uma barreira muito eficaz à entrada. Não entende essas regras altamente complexas? Não conhece as pessoas certas no governo? Não sabe como o jogo é jogado? Que pena, esta indústria não é para você!

Peter G. Klein é Carl Menger Research Fellow do Mises Institute e professor de empreendedorismo na Hankamer School of Business da Baylor University. Contato: twitter, facebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escola cívico-militar
Política

Sobre a polêmica em torno do projeto das escolas cívico-militares

Foi aprovado pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) nesta terça-feira (21), o projeto de lei que viabiliza a implementação de escolas cívico-militares nas redes municipais e estaduais de educação do estado de São Paulo. Para muitos preocupados com a doutrinação esquerdista sobre as crianças nas escolas, o projeto é visto como uma saída. No […]

Leia Mais
Emchentes no Rio Grande do Sul
Política

Municípios atingidos pelas inundações no RS enfrentam burocracia para receber ajuda do governo federal

Em um artigo da CNN, diversas entidades municipais informaram que estão enfrentando uma enorme burocracia para receber verbas do governo federal para lidar com os impactos das inundações no Rio Grande do Sul. A informação contrasta com a acusação por parte da grande mídia e agentes públicos, de que a afirmação de tal burocracia na […]

Leia Mais
Dique de Mauá
Política

Bombeiros usam sacos de areia de improviso para impedir inundação no RS

Em um vídeo que está circulando na internet, uma equipe de bombeiros usa sacos de areia como improviso para impedir que um determinado lugar no Rio Grande do Sul fosse inundado. Um perfil popular no X chamado Peregrino publicou o vídeo e fez uma comparação com diques construídos por holandeses há mais de 100 anos. […]

Leia Mais