Rússia diz que moeda dos BRICS é improvável em um futuro próximo, mas que a desdolarização continua a crescer globalmente

Moeda do BRICS

Com a cúpula dos líderes do BRICS no horizonte, há uma discussão crescente sobre a desdolarização e a viabilidade de uma moeda comum do BRICS. As nações do BRICS são compostas por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A cúpula será realizada de 22 a 24 de agosto em Joanesburgo.

Segundo a agência de notícias estatal russa Ria Novosti, o secretário de Imprensa do Presidente da Federação Russa, Dmitry Peskov, disse a repórteres na quinta-feira que especialistas estão discutindo a possibilidade e a viabilidade da introdução de uma moeda comum. “Este ainda é um processo de discussão, é claro que será estendido ao longo do tempo”, disse ele. O porta-voz do Kremlin descreveu:

“Em um futuro próximo, é improvável que isso seja viável, mas o uso de moedas nacionais já é uma realidade que está crescendo em escala global, e essa prática não é usada apenas por países que enfrentam sanções, mas também por aqueles que não as enfrentam.”

“O processo de desdolarização da economia global está inexoravelmente em andamento. Muitos países estão gravitando em direção à trajetória do uso de moedas nacionais”, enfatizou.

Na semana passada, o vice-primeiro-ministro da Rússia declarou que o tema de uma moeda comum do BRICS poderia ser discutido na próxima cúpula do bloco econômico. Entretanto, o diplomata sul-africano responsável pelas relações do BRICS, Anil Sooklal, insistiu: “Nunca se falou em uma moeda do BRICS, isso não está na agenda“. Além disso, Leslie Maasdorp, vice-presidente e diretor financeiro do Novo Banco de Desenvolvimento, também conhecido como Banco do BRICS, esclareceu recentemente que o bloco econômico não tem planos imediatos de lançar uma moeda para competir com o dólar americano.

Recentemente, circularam rumores sobre o planejamento do bloco econômico BRICS para lançar uma moeda lastreada em ouro. Várias pessoas acreditam que uma moeda comum do BRICS poderia diminuir o status do dólar americano como a moeda dominante no mundo. Entretanto, há obstáculos a serem superados. O governador do banco central da Rússia, por exemplo, alertou que o estabelecimento de uma moeda do BRICS exigiria o consentimento de várias partes.

Mais de 40 nações expressaram seu desejo de fazer parte da aliança do BRICS, sendo que 22 países já enviaram solicitações formais. Além disso, Sooklal revelou que a África do Sul fez convites a 69 líderes para a cúpula, incluindo todos os chefes de estado africanos e os principais líderes de organizações proeminentes do Sul Global. No entanto, ele afirmou que nenhum país ocidental foi convidado.

Artigo escrito por Kevin Helms, publicado em News.Bitcoin.com e traduzido por @rodrigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vietnã
Economia

Como o capitalismo venceu o socialismo no Vietnã

Phung Xuan Vu, de oito anos, e seu irmão de 10 anos foram responsáveis por buscar comida para sua família, que estava em constante aperto de fome. Eles viviam no Vietnã na década de 1980, então isso exigia cartões de racionamento. Um dos bens mais importantes da família era um livreto de vales-alimentação. Como a […]

Leia Mais
Argentina
Economia

Ação Humana em seu 75º aniversário nos ajuda a entender como o estatismo dizimou a Argentina

O septuagésimo quinto aniversário do livro Ação Humana de Ludwig von Mises nos convida a refletir sobre as conquistas acadêmicas de Mises e como a corrente econômica dominante ainda não alcançou seus avanços na economia. Como Jesus Huerta de Soto aponta em seu estudo preliminar para a versão em espanhol da décima terceira edição de […]

Leia Mais
Tomate
Economia

Saboreie o gosto da Independência, cultive-a você mesmo!

Cultivar os seus próprios tomates pode ser muito mais gratificante do que o doce sabor da sua colheita. Os benefícios adicionais tradicionais fazem com que muitos de nós regressem estação após estação. Se é um jardineiro, conhece a grande sensação de agir diretamente sobre a natureza para produzir os alimentos que come. Cultivar tomates leva-o […]

Leia Mais