Secretário do Tesouro dos EUA expressa apoio às regras do GAFI relativas as exchanges

Steven Mnuchin, secretário do Departamento do Tesouro dos EUA, é a favor das últimas diretrizes entregues às trocas de criptomoedas pelo Grupo de Ação Financeira (GAFI), de acordo com um relatório da Bloomberg.

A agência global criada para fiscalizar a lavagem de dinheiro anunciou na semana passada que as trocas de criptomoedas precisam coletar e transferir informações dos clientes durante as transações. Mnuchin disse que, com essas diretrizes, o GAFI garantirá que “os provedores de serviços de ativos virtuais não operem nas sombras”.

“Isso permitirá que o setor emergente da FinTech fique um passo à frente de regimes desonestos e simpatizantes de causas ilícitas em busca de meios para levantar e transferir fundos sem detecção”, acrescentou Mnuncin.

No entanto, os executivos das principais empresas de criptomoedas, como a Circle, a Coinbase e a Chainalysis, acreditam que aderir às diretrizes da GAFI pode ser caro para implementar e forçar a colaboração sem precedentes entre as bolsas.

Fonte: The Block Crypto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Greve das universidades federais
Política

Greve das Universidades Federais mantém tensão entre professores e o Governo Lula

A greve de universidades federais no país, que já dura quase dois meses, segue ativa, mantendo a tensão entre os professores federais e o Governo Lula. Por um lado, professores em greve afirmam que continuarão com a greve até receberem aumentos salariais. O governo, por sua vez, afirma que não há mais espaço no orçamento […]

Leia Mais
Macron
Política

Macron dissolve parlamento e convoca eleições legislativas antecipadas na França

No último domingo (9), o presidente da França, Emmanuel Macron, dissolveu o parlamento do país, a Assembleia Nacional, e convocou eleições legislativas antecipadas. A decisão do presidente francês foi tomada após uma pesquisa de boca de urna que mostrou que seu partido, Renascimento, seria derrotado pelo partido de oposição, União Nacional (RN), nas eleições parlamentares. […]

Leia Mais
Jorge Seif
Política

Senador Jorge Seif admite que defende imposto sobre importações porque paga o seu salário

O senador Jorge Seif (PL-SC), que se diz liberal, votou sim pela em 20% das compras internacionais até 50 dólares, que foi aprovada na última quarta-feira, 5, a taxação. O senador justificou seu voto, admitindo que tal imposto paga seu salário. O senador ainda recorreu às velhas falácias protecionistas e estatistas em defesa dos impostos […]

Leia Mais