Segundo Anonymous, Adélio Bispo culpa PT pela facada em Bolsonaro

Adélio Bispo, Anonymous e PT

O grupo hacker Anonymous afirmou, em tweet, que teve acesso a um depoimento de Adélio Bispo, responsável pela facada em Jair Bolsonaro. Segundo eles, Adélio em depoimento à polícia afirmou que foi contratado pela campanha de Haddad no PT para cometer o ato.

Em novembro do ano passado, a Polícia Federal já havia reaberto o caso de Adélio Bispo e apreendido o celular do seu advogado, Zanone de Oliveira Junior. O advogado de Bolsonaro, Rodrigo Morais Fernandes, afirma suspeitar que Adélio Bispo possa não ter agido sozinho e que uma investigação mais apurada seria importante para descobrir mais pistas sobre o caso.

A polêmica gerou grande repercussão nos sites de notícias, com alguns internautas sugerindo que tudo possa ser um plano de Bolsonaro, onde o presidente pressionou Adélio a incriminar o PT e assim impedir que o partido concorra às eleições de 2022.

Essa suposição foi levantada pelo site de esquerda, Revista Fórum, baseado no tweet do grupo Anonymous:

Print do tweet do grupo Anonymous onde é afirmado que Adélio Bispo avisou o PT de tê-lo contratado para tentar matar Bolsonaro e que ele possa ter dito isso após ser coagido por Bolsonaro.

O Revista Fórum acredita que isso possa ser a confirmação da suspeita da jornalista que trabalha para o site, Hildegard Angel, sobre uma fala recente de Bolsonaro.

Em suas redes sociais, Bolsonaro afirmou que vai acontecer algo novo que vai mudar o Brasil.” A jornalista Hildegard Angel interpretou isso como uma tática de Bolsonaro para tirar o PT da disputa nas eleições. Em um artigo do Revista Fórum, ela diz:

Fonte razoável informa que o anunciado ‘fato novo que salvará o Brasil’ é atribuir ao PT a facada em Bolsonaro. Um Plano Cohen Tabajara”, afirmou a jornalista, lembrando do documento forjado por militares em 1937 para implantar a ditadura do Estado Novo.

Já o youtuber libertário do canal Ancap.su que também comentou sobre o caso, acredita inclusive que seja pouco provável que o PT esteja por trás do atentado contra Bolsonaro durante as eleições de 2018.

Sua hipótese é de que o PT possa ter apostado na imagem negativa que Bolsonaro tinha frente a grande mídia e que isso tornaria mais difícil para ele se eleger, inclusive preferindo até mesmo uma concorrência entre ele e Haddad no segundo turno – o que não saiu como o esperado com Bolsonaro sendo eleito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escola cívico-militar
Política

Sobre a polêmica em torno do projeto das escolas cívico-militares

Foi aprovado pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) nesta terça-feira (21), o projeto de lei que viabiliza a implementação de escolas cívico-militares nas redes municipais e estaduais de educação do estado de São Paulo. Para muitos preocupados com a doutrinação esquerdista sobre as crianças nas escolas, o projeto é visto como uma saída. No […]

Leia Mais
Emchentes no Rio Grande do Sul
Política

Municípios atingidos pelas inundações no RS enfrentam burocracia para receber ajuda do governo federal

Em um artigo da CNN, diversas entidades municipais informaram que estão enfrentando uma enorme burocracia para receber verbas do governo federal para lidar com os impactos das inundações no Rio Grande do Sul. A informação contrasta com a acusação por parte da grande mídia e agentes públicos, de que a afirmação de tal burocracia na […]

Leia Mais
Dique de Mauá
Política

Bombeiros usam sacos de areia de improviso para impedir inundação no RS

Em um vídeo que está circulando na internet, uma equipe de bombeiros usa sacos de areia como improviso para impedir que um determinado lugar no Rio Grande do Sul fosse inundado. Um perfil popular no X chamado Peregrino publicou o vídeo e fez uma comparação com diques construídos por holandeses há mais de 100 anos. […]

Leia Mais