STF ordena prisão de Allan dos Santos

Alexandre de Moraes ordenou a prisão preventiva, a extradição e o congelamento das contas bancárias do dono do canal Terça Livre, Allan dos Santos.

O ministro assinou o decreto no dia 5 desse mês, o qual corria em sigilo de justiça. Contudo essas informações vieram ao conhecimento público por meio de um vazamento no dia de hoje (21).

Allan dos Santos, que atualmente encontra-se nos Estados Unidos, está sendo investigado pelo Supremo, por divulgação de fake news, incitação de atos antidemocráticos e de ataques contra o STF.

Além disso, foi pedido às plataformas Youtube, Twitch.TV, Twitter, Instagram e Facebook que retirem a monetizações de seus canais e suspendam os sistemas de doação. Do mesmo modo ordenou o bloqueio dos canais do YouTube, Facebook e Twitter do blogueiro.

Independente de concordar ou não com as ideias do Terça Livre, essa prisão preventiva decretada por Moraes, pode ser vista como uma prisão política. Tanto que, em um dos inquéritos, o STF é a própria vítima, acusador e juiz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pistola de água Carnaval
Direito

Governador da Bahia sanciona lei que proíbe uso de pistola de água durante o Carnaval para combater “machismo e misoginia”

Foi aprovada na última segunda-feira (29) pelo governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, a Lei nº 14.584, que proíbe a utilização de pistolas de água e objetos similares durante o Carnaval e festas de rua. Segundo o governador, a medida visa prevenir assédios contra mulheres. O evento em que ocorreu a aprovação da lei, teve a […]

Leia Mais
Monark
Direito

Monark pode pegar 2 anos de prisão por desobedecer ordens do STF, afirma Polícia Federal

Segundo a Polícia Federal, o influencer Monark pode pegar até 2 anos de prisão por ter desobedecido ordens judiciais. Segundo o órgão, há indícios de que o influencer descumpriu ordens do judiciário ao criar novas contas para “disseminar fake news”. A PF informou que de acordo com o Código Penal, o indivíduo que exerce atividade […]

Leia Mais
Cyberbullyng
Direito

Sobre a criminalização do bullying e do cyberbullying

A Lei 14.811/2024, que criminaliza o bullying nas escolas e o cyberbullying, foi sancionada na última segunda-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A lei teve origem no PL 4224/2021 do deputado Osmar Terra (MDB-RS). Além da criminalização do bullying e do cyberbullying, a lei prevê que crimes previstos no Estatuto da Criança e […]

Leia Mais