Argentina aumenta preço de energia para mineradores de Bitcoin

mineradores bitcoin

Após apagões em Buenos Aires, o governo Argentino está culpando mineradores de Bitcoin (BTC) e outras criptomoedas – como se a culpa não fosse da ineficiência estatal e crise generalizada no país. Sendo assim, aumentaram em 400% a energia consumida pelos mineradores.

Após essa situação, os mineradores da região começaram a ser perseguidos e marcados pela máfia estatal, para cobrar deles o maior valor pelo consumo de energia.

O Ministério da Economia, por meio de sua Secretaria de Energia, informou que enviou a estatal de energia Cammesa um ofício “solicitando informações sobre o novo consumo vinculado à atividade de mineração de criptomoedas que permita uma avaliação da demanda atual e futura dessa nova atividade econômica“.

Sendo assim, a estatal enviou um relatório de volta ao Ministério da Economia da Argentina, com a conclusão que “os mineradores de Bitcoin são “prejudiciais” para o país e sua rede elétrica.”

Não é a primeira vez que a Argentina se posiciona contra o Bitcoin e mineradores. Os políticos locais parecem incapazes de aprender com os próprios erros – como podemos observar, a Argentina está cavando a própria cova. O Bitcoin e as criptomoedas são uma forma de controlar a inflação, proteger seu patrimônio contra o governo e manter-se a salvo de toda loucura estatal. Confira nossas dicas sobre esses temas aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Satoshi Nakamoto
Criptomoedas

A crescente fortuna de Satoshi Nakamoto está próxima de entrar para o ranking das 25 pessoas mais ricas do mundo

Acredita-se que, no início da rede Bitcoin, seu fundador, Satoshi Nakamoto, também minerou a moeda digital, acumulando entre 1 e 1,1 milhão de BTC. O consenso entre a maioria das estimativas sugere que Nakamoto provavelmente reuniu cerca de um milhão de moedas. A posse de um milhão de bitcoins coloca o patrimônio líquido de Nakamoto […]

Leia Mais
Halving Bitcoin
Criptomoedas

Bitcoin ultrapassa US$ 54.000 pela primeira vez desde 2021, e busca máximas históricas antes do halving

Pela primeira vez desde 2021, o Bitcoin (BTC) ultrapassou a marca de US$ 54.000, atingindo um pico de US$ 54.564 às 14h28 de segunda-feira. Com seu preço atual, a capitalização de mercado do bitcoin está navegando suavemente em US$ 1,06 trilhão, respondendo por 51,2% da criptoeconomia total de US$ 2,06 trilhões. Agora classificado como o […]

Leia Mais
Bitcoin Halving
Criptomoedas

Abril de 2024: O próximo halving do Bitcoin desperta curiosidade mundial, revelam os dados

Um estudo recente que enfocou o termo de pesquisa “bitcoin” por meio dos dados do Google Trends revelou que a curiosidade permaneceu moderada mesmo quando o preço ultrapassou a marca de US$ 50 mil. No entanto, a expectativa para o próximo halving atingiu um pico de 90 dias. Programada para abril de 2024, essa ocasião […]

Leia Mais