segunda-feira, outubro 3, 2022

Boris Johnson põe fim as restrições contra covid-19 na Inglaterra

Nesta segunda-feira (21), foi anunciado pelo primeiro-ministro britânico Boris Johnson, o fim de todas as restrições contra a Covid-19 a partir da quinta-feira 24 de fevereiro. No momento, a decisão é válida apenas para a Inglaterra, com os demais países do Reino Unido seguindo medidas preventivas de contensão.

A partir desta quinta-feira (…), eliminaremos a obrigação legal de se autoisolar após um teste positivo

disse Boris.

Ainda segundo Johnson, o país já tem “níveis de imunidade suficientes para acreditar na vacina e em tratamentos”.

O premiê britânico já havia estudado a medida há um bom tempo. Mesmo após o anúncio do teste positivo da Rainha Elizabeth II neste domingo, Johnson não voltou atrás com a sua decisão.

A decisão de Boris Johnson envolve o fim do auto-isolamento obrigatório para pessoas com Covid-19 e da distribuição de testes gratuitos para a população.

Muitos especialistas da área da saúde discordaram da decisão, acreditando que com isso a população estará sujeita ao risco de novas variantes.

No entanto, dado o fato de que a população britânica já está amplamente imunizada contra a doença e mesmo que a atual variante Omicron seja mais contagiosa, ao mesmo tempo também possui menor letalidade que a anterior, a variante Delta.

Ainda há a questão de que um lockdown prolongado seja inviável para o país, percepção essa que já está atingindo inclusive políticos democratas dos EUA.

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

spot_img

CONFIRA