Conheça as 16 capitais brasileiras que exigem passaporte sanitário

Após declarada a chegada da nova variante Ômicron do coronavírus, medidas restritivas – incluindo a exigência do passaporte sanitário – vem sendo amplificadas pelo governo para o “combate da pandemia”. As capitais brasileiras, cuja influência é significativa, para com as cidades do interior brasileiro, podem dar um pequeno gostinho do que está por vir.

Sendo assim está aqui um compilado das capitais brasileiras que adotaram o uso do passaporte sanitário.

MANAUS – AM

Em Manaus, a exigência do passaporte sanitário para bares e restaurantes foi decretada e entrou em vigor no dia 23/08. Na época essa medida foi tomada em meio ao descobrimento de 6 casos de coronavirus da variante Delta, e desde então tem permanecido vigente na capital amazonense.

RIO BRANCO – AC

Uma determinação do governo do Acre exige a apresentação de comprovante de vacinação para festas, bares, órgãos públicos e eventos desde o dia 29/11.

FORTALEZA – CE

Determinação do governo do Ceará exige o comprovante em bares restaurantes e eventos desde o dia 15/11.

TERESINA – PI

Em Piauí, o governo estadual lançou um decreto onde foi determinado nesta sexta-feira, 03/12 a apresentação do comprovante de vacinação que se dará para diversos estabelecimentos.

A medida é imposta para pessoas com idade a partir de 12 anos.

PALMAS – TO

A exigência de comprovante de vacina é para eventos com mais de 200 pessoas. Decreto da prefeitura é de agosto, mas havia sido suspenso por uma decisão judicial. Tribunal de Justiça do Tocantins reestabeleceu a regra no dia 07/10.

NATAL – RN

O decreto estabelece, em Natal, a exigência, perante diversos locais exigência do esquema vacinal em eventos esportivos, cinemas, teatros e eventos com mais de 200 pessoas no Rio Grande do Norte, desde o passaporte do dia 16/09, mas foi prolongado para este fim de ano.

JOÃO PESSOA – PB

O decreto de 01/12 do governo da Paraíba exige a apresentação do passaporte para a entrada em shows. Regra é válida até o dia 02/01/2022.

RECIFE – PE

Desde o dia 19 de novembro, apenas quem tomou duas doses do imunizante contra a doença tem acesso a eventos fechados em Pernambuco. Desde segunda-feira, 06/12, o decreto estadual coloca a medida do comprovante para entrada em órgãos públicos.

MACEIÓ – AL

O Ministério Público e o setor de eventos firmaram um acordo no dia 3 deste mês (03/12) para exigência de comprovante de vacinação contra Covid-19 ou teste RT-PCR negativo para entrar nas festas privadas de réveillon na capital alagoana.

SALVADOR – BA

Desde 01/12, a visitação social às unidades de saúde, às unidades prisionais, além de serviços de atendimento público da Bahia exigem a comprovação da vacinação contra o Covid-19.

RIO DE JANEIRO – RJ

O passaporte já vem sido requisitado desde 15/09, e tinha data para o fim de sua exigência, contudo, no dia 02/12, foi anunciado que a partir da próxima semana (já em vigência) o prolongamento da medida viria a ocorrer.

SÃO PAULO – SP

Em São Paulo, a exigência do cartão de vacinação se dá apenas para eventos com mais de 500 pessoas. O decreto foi estabelecido na capital desde o dia 01/09.

FLORIANÓPOLIS

Na capital de SC, o passaporte de vacinação passou a ser exigido desde 16/11, para acesso à feiras, joga e shows.

ARACAJU – SE

Em Aracaju, há a exigência do passaporte para ter acesso à espaços de lazer existe desde o dia 30/10.

CAMPO GRANDE – MS

Em Campo Grande, é necessário o passaporte para ter acesso à espaços de lazer e festas, desde o dia 30/11.

VITÓRIA – ES

E um caso a parte em VITÓRIA…

Em, Vitória-ES, estabelecimentos dão desconto para quem já está vacinado. Um tanto curioso…

Além disso, o governo municipal implantou uma plataforma onde promotores de eventos deverão informar à fiscalização como está o controle de entrada das pessoas com passaporte sanitário.

Reflexões

Não é preciso dizer que essas medidas fazem parte de uma ineficaz tentativa de controle do vírus, ao mesmo tempo que eficaz em controlar a população, pois durante estes 2 anos ficou claro que as medidas na realidade apenas atrapalham a vida das pessoas gerando custos e perdas, ou será essa uma medida ignorável por meio de métodos “ilícitos”, e que é possível constatar mais uma vez que passado não aprendido torna-se parte do futuro e do presente. Até o momento ao menos 250 cidades das 1800, em todo o Brasil, já adotaram esse recurso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Emchentes no Rio Grande do Sul
Política

Municípios atingidos pelas inundações no RS enfrentam burocracia para receber ajuda do governo federal

Em um artigo da CNN, diversas entidades municipais informaram que estão enfrentando uma enorme burocracia para receber verbas do governo federal para lidar com os impactos das inundações no Rio Grande do Sul. A informação contrasta com a acusação por parte da grande mídia e agentes públicos, de que a afirmação de tal burocracia na […]

Leia Mais
Dique de Mauá
Política

Bombeiros usam sacos de areia de improviso para impedir inundação no RS

Em um vídeo que está circulando na internet, uma equipe de bombeiros usa sacos de areia como improviso para impedir que um determinado lugar no Rio Grande do Sul fosse inundado. Um perfil popular no X chamado Peregrino publicou o vídeo e fez uma comparação com diques construídos por holandeses há mais de 100 anos. […]

Leia Mais
Exército Brasileiro
Política

Exército Brasileiro estabelece diretrizes contra comentários “negativos” em suas redes sociais

Com o aumento das críticas de muitos brasileiros contra o Exército, que cada vez mais o percebem como apenas mais um braço do estado que os oprime, a entidade resolveu implementar diretrizes contra comentários considerados “negativos”. Entre os tipos de comentários considerados negativos, estariam aqueles que: O Exército Brasileiro ainda informa que quem violar tais […]

Leia Mais