sábado, novembro 26, 2022

Covid pode ter sido criado em laboratório, afirma o pesquisador Jeffrey Sachs

O pesquisador Jeffrey Sachs apresentou ao público esta semana uma hipótese que há algum tempo alguns cientistas já defendiam: a origem mais provável do covid é de um laboratório na China. No entanto, Sachs vai além, e afirma que o mais provável seja um laboratório americano no território chinês.

Jeffrey Sachs é economista e especialista em políticas públicas e dá aulas na Universidade da Columbia. Ele também preside a comissão Covid-19 no The Lancet, uma renomada revista médica.

Um laboratório americano na China como a origem mais provável para o covid

Em entrevista ao site Tehran Times, Sachs afirmou que “o governo dos EUA estava patrocinando muita manipulação genética perigosa de vírus do tipo SARS e ainda não revelou honestamente a natureza desse trabalho”. Ele também afirmou que “Há sinais preocupantes de que esta pesquisa pode ter criado o SARS-CoV-2, o vírus que causa a doença Covid-19”.

Para Sachs, “há evidências suficientes que o fizeram chegar a essa conclusão, que deve ser investigada”, e reitera que “é um erro, na minha opinião, da biotecnologia, não um acidente de um transbordamento natural”.

A seguir, uma tradução da entrevista completa de Jeffrey Sachs para a Tehran Times:

“P: Existem provas cientificamente comprovadas sobre a origem do Covid-19 ou devemos apenas confiar em teorias ou hipóteses? Será que se desprendeu de razões naturais como as MERS que surgiram na Arábia Saudita?

R: Há duas hipóteses: um derrame natural (como no caso do MERS) ou uma criação laboratorial. Ambas são possíveis. O governo dos E.U.A. estava a patrocinar muita manipulação genética perigosa de vírus semelhantes à SRA e ainda não revelou honestamente a natureza desse trabalho. Há sinais preocupantes de que esta investigação possa ter criado o SRA-CoV-2, o vírus que causa a doença de Covid-19. Podemos suspeitar disto porque os cientistas americanos declararam a intenção de manipular os vírus de uma forma que poderia ter criado o vírus. Precisamos que o governo dos EUA seja mais transparente sobre a investigação que estava a patrocinar.

P: Como vê a guerra político-mediática sobre a origem da pandemia? Oficiais e meios de comunicação social americanos culparam a China pelo seu surto.

R: Sim, os Estados Unidos tentaram culpar a China sem admitir o seu próprio papel possível. Os governos devem cooperar com a OMS para encontrar a verdade.

P: Embora os EUA sejam um país cientificamente e tecnologicamente avançado, a taxa de mortalidade Covid-19 ainda é elevada. Como avalia o desempenho das administrações Trump e Biden para refrear a pandemia?

R: Os EUA fizeram um mau trabalho, com mais de 1 milhão de mortos. O público comporta-se mal, rejeitando máscaras faciais, por exemplo. Trump foi completamente irresponsável. Biden fez um pouco melhor em termos de ciência, mas o desempenho global dos EUA foi fraco.

P: Pensa que o globo pode erradicar a Covid-19 num futuro próximo? E é possível o mundo enfrentar novas pandemias com origens não naturais?

R: É provável que Covid esteja connosco durante muito tempo, talvez com novas ondas sérias. A pandemia ainda não está perto de terminar. Ainda está em curso uma grande manipulação biológica perigosa de agentes patogénicos. Este tipo de investigação laboratorial precisa de ser tornada pública e devidamente regulamentada. A investigação sobre armas biológicas precisa de parar. Precisamos de cooperação global para que isto aconteça.

P: Concorda com teorias conspiratórias que afirmam que Covid resultou da busca de uma guerra biológica?

R: Não acredito que o Covid tenha vindo da investigação em matéria de bio guerra. Mais provavelmente, veio da investigação para criar medicamentos e vacinas. Seja como for, precisamos de saber mais. O NIH dos EUA deveria tornar pública a informação sobre este tipo de investigação.”

Outros pesquisadores já haviam apresentado essa hipótese

Em dezembro do ano passado, alguns cientistas, dentre eles a bióloga Dra Alina Chan, haviam apresentado a hipótese de que o covid poderia ter não apenas vazado de um laboratório em Wuhan, na China, mas também ter sido desenvolvido no laboratório em questão.

Entretanto, desde o início da pandemia a Organização Mundial da Saúde vem rejeitando a hipótese de que o covid tenha escapado de um laboratório na China e menos ainda que tenha sido criado em laboratório. Mesmo admitindo que os dados fornecidos pelo governo chinês são inconclusivos, a OMS insiste na hipótese de que o covid tenha surgido de animais.

Porém, diante de cada vez mais evidências reconhecidas por vários pesquisadores que estudam o vírus, a hipótese de que ele tenha sido projetado em laboratório se torna cada vez mais forte. Resta saber por quanto tempo a OMS irá fingir que as evidências não existem usando o falso pretexto de “evitar racismo e xenofobia”, quando a realidade é seu temor em bater de frente com o governo chinês.

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

spot_img

CONFIRA