Crescente tensão na fronteira entre Polônia e Belarus

Nesta segunda-feira (08) o governo polonês acusou Belarus de tentar causar um confronto na fronteira polonesa utilizando imigrantes. No dia seguinte (09) as autoridades fecharam a travessia com cercas de arame e guardas para vigiá-las.

Segundo o vice-ministro das Relações Exteriores da Polônia, o presidente de Belarus Alexander Lukashenko “quer causar um grande incidente, de preferência com tiros e vítimas”.

Essa afirmação do vice-ministro se baseia na acusação da União Européia contra Lukashenko, pois ele encorajou migrantes do Oriente Médio e da África a entrarem na Europa por Belarus. Esse incentivo, provavelmente, foi uma medida de vingança pelas sanções postas sob Belarus por conta da violência do governo contra as manifestações após a eleição do ano passado.

Contudo, Lukashenko nega qualquer tentativa de causar instabilidade na região por meio dos imigrantes e joga a culpa para os países ocidentais.

Ainda nessa sexta-feira (12) Belarus, com apoio russo, realizou exercícios militares de paraquedismo perto da lugar onde estão os imigrantes na fronteira da Polônia. De acordo com o Ministro da Defesa de Belarus, esses exercícios militares foram feitos ali por causa da acumulação de atividade militar polonesa na fronteira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Greve das universidades federais
Política

Greve das Universidades Federais mantém tensão entre professores e o Governo Lula

A greve de universidades federais no país, que já dura quase dois meses, segue ativa, mantendo a tensão entre os professores federais e o Governo Lula. Por um lado, professores em greve afirmam que continuarão com a greve até receberem aumentos salariais. O governo, por sua vez, afirma que não há mais espaço no orçamento […]

Leia Mais
Macron
Política

Macron dissolve parlamento e convoca eleições legislativas antecipadas na França

No último domingo (9), o presidente da França, Emmanuel Macron, dissolveu o parlamento do país, a Assembleia Nacional, e convocou eleições legislativas antecipadas. A decisão do presidente francês foi tomada após uma pesquisa de boca de urna que mostrou que seu partido, Renascimento, seria derrotado pelo partido de oposição, União Nacional (RN), nas eleições parlamentares. […]

Leia Mais
Jorge Seif
Política

Senador Jorge Seif admite que defende imposto sobre importações porque paga o seu salário

O senador Jorge Seif (PL-SC), que se diz liberal, votou sim pela em 20% das compras internacionais até 50 dólares, que foi aprovada na última quarta-feira, 5, a taxação. O senador justificou seu voto, admitindo que tal imposto paga seu salário. O senador ainda recorreu às velhas falácias protecionistas e estatistas em defesa dos impostos […]

Leia Mais