Deutsche Bank cortará 18 mil empregos como parte do plano de reestruturação

Como anunciado anteriormente, o Deutsche Bank estava considerando cortar o número de funcionários em mais de um quinto e está se moldando para ser sua maior reforma em anos, segundo duas pessoas familiares com o assunto.

O banco de investimento europeu planeja sair de seus negócios de venda e negociação de ações como parte de uma tentativa mais ampla para aumentar sua lucratividade.

A decisão, anunciada em um comunicado no Domingo, reduzirá 18 mil empregos no banco, de acordo com um relatório da Bloomberg News. A saída do Deutsche Bank de operações de venda de títulos ou ações será administrada por uma unidade recém-criada, apelidada de Unidade de Liberação de Capital. Os encargos de reestruturação totalizarão 7,4 bilhões de euros, segundo o banco.

A saída das vendas e do comércio, que registrou prejuízo líquido de US$ 2,8 bilhões no segundo trimestre, sinaliza o fim do objetivo do banco alemão de rivalizar com os grandes bancos de investimento de Wall Street em suas operações bancárias de investimento e varejo voltadas para a Alemanha e mercados europeus.

É também a mais recente da conturbada história recente do banco, que foi atormentado por um declínio no preço de suas ações, investigações e um acordo de US$ 7,2 bilhões com o Departamento de Justiça (EUA) por enganar investidores durante a crise financeira de 2008.

Fonte: The Block Crypto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Murray Rothbard
Economia

Hoje Rothbard estaria completando 98 anos

Hoje, dia 02 de março, é o aniversário do economista, filósofo político, historiador e autor libertário, Murray Rothbard! Se estivesse vivo hoje, o autor, que faleceu em 1995, estaria completando 98 anos. Mesmo após sua morte, Rothbard deixou um enorme legado para a causa da liberdade, deixando registrada sua imensa sabedoria e intelecto perspicaz em […]

Leia Mais
Fernando Haddad G20
Economia

Haddad defende medidas para que bilionários parem de usar brechas fiscais

Na última quinta-feira (29), o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, defendeu medidas para que bilionários pagassem sua parte “justa” de impostos. Para isso, o ministro defendeu uma “contribuição internacional” (na verdade, uma coerção coordenada internacional) para garantir que bilionários não usem das brechas fiscais, que o ministro chamou de “buracos tributários”. O discurso do ministro […]

Leia Mais
Luiz Marinho
Economia

Sem acordo, governo prorroga por 3 meses nova portaria sobre trabalho aos feriados

O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, anunciou nesta terça-feira (27) que foi adiado por 90 dias a portaria que muda as regras sobre o trabalho aos feriados. O texto entraria em vigor nesta sexta-feira (1). A decisão do ministro foi tomada durante uma reunião com o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, representantes […]

Leia Mais