Editora suíça paga salários em Bitcoin

Embora existam milhões em todo o mundo que possam estar cientes do Bitcoin e das criptomoedas em geral, a verdade é que eles podem não usar criptomoedas diariamente. Para quem trabalha na Netzmedien AG, isso está prestes a mudar. A editora suíça anunciou na segunda-feira que os salários de todos os funcionários da empresa serão pagos em criptomoeda em vez de moeda fiduciária.

Curiosamente, a empresa está considerando converter metade de seus ativos totais em criptomoeda. A Netzmedien AG também não tomou a decisão por conta própria, pois os funcionários votaram se prefeririam receber salários em Bitcoin (BTC) ou em Franco Suíço. A maioria dos funcionários optou por ser paga em criptomoeda, segundo a empresa.

O Netzmedian é uma parte significativa da mídia suíça, pois abriga oito revistas separadas relacionadas à tecnologia e um website. Para aqueles que se perguntam quando poderão pagar suas assinaturas em criptomoedas, a resposta é em vários meses, ou meados de 2019.

Pode não ser uma surpresa completa que a Netzmedian AG esteja otimista em relação à criptomoeda, considerando que ela é baseada na Suíça. Muitos consideram a cidade suíça de Zug como sendo a “Crypto Valley” ou o Vale do Silício da tecnologia blockchain, onde muitas empresas estão florescendo. De acordo com dados do StartupTicker, a Suíça é o lar de alguns dos investidores mais ativos em criptomoedas: o Zürcher Kantonalbank é o segundo entre os maiores investidores corporativos da Europa, seguindo o BNP Paribas da França.

Fabian Poschl, editor-chefe da Netzmedien, apontou para outras empresas, a SBB e a Digitec Galaxus, como inspiração, afirmando que elas “são um bom exemplo”. Enquanto muitas empresas que não estão no espaço da criptomoeda podem ser neutras em relação à ação do preço, é claro que Poschl acredita que a única maneira é para cima. Ele acredita que os funcionários serão capazes de manter ou revender a preços mais altos. Poschl também parece acreditar que a criptomoeda é mais conveniente, já que a criptomoeda pode ser transportada em um telefone celular.

A matéria original em inglês pode ser lida clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lula imposto sobre o Bitcoin
Criptomoedas

Governo Lula quer aumentar para 22,5% os impostos para todos os usuários de Bitcoin no Brasil

O governo Lula anunciou que pretende aumentar os impostos para todos os usuários de criptomoedas em até 22,5%. Segundo o governo, a proposta não é criar um novo imposto, mas aumentar ainda mais as taxas para os usuários que possuem criptoativos. A ideia é ‘fechar o cerco’ com àqueles que estão usando criptoativos para driblar […]

Leia Mais
Halving do Bitcoin
Criptomoedas

O halving do Bitcoin está cada vez mais próximo, com menos de 2.900 blocos restantes

No momento, restam menos de 2.900 blocos até o próximo halving do Bitcoin. Para compreender o conceito de halving, é bom entender primeiro como surgem os novos bitcoins, principalmente por meio do processo de mineração de bitcoins. Isso envolve entidades, conhecidas como mineradores, que validam blocos repletos de transações que aguardam confirmação. Em sua busca […]

Leia Mais
União Europeia ALM Criptomoedas
Criptomoedas

Novas leis contra lavagem dinheiro da UE visam transações em criptomoedas

Como parte das novas leis contra lavagem de dinheiro, o Parlamento da União Europeia proibiu carteiras de criptografia de autocustódia não identificadas para transações na região. A proibição tem como alvo as transações anônimas em dinheiro que excedam € 3.000 e as carteiras de auto-custódia em várias plataformas. Em uma publicação recente nas redes sociais, […]

Leia Mais