quarta-feira, dezembro 7, 2022

Entrevista com Fraga e Galt do Menor Minoria Podcast

Hoje iremos entrevistar Fraga e Galt, do canal Menor Minoria Podcast.

Vocês poderiam nos contar quem são vocês? Esses nomes (Galt e Fraga) são o nome de vocês de verdade ou pseudônimos?

Fraga: Eu tenho pouco mais de 40 anos, casado, tenho um filho, formado em engenharia e atuando na área há mais de 20 anos.

GALT: Tenho 40 anos, casado, pai, formado em Engenharia.

Caso sejam pseudônimos porquê optaram em manter o anonimato?

Fraga: É um pseudônimo que eu utilizo para evitar a perseguição que costuma ser feita a quem defende ideias disruptivas.

GALT: O meu é pseudônimo inspirado em personagens do livro A revoltada de Atlas. A intenção é manter o sigilo em função de provável perseguição contra quem produz conteúdo focado na liberdade individual irrestrita.

Vocês são libertários? Se sim, quando e como se tornaram libertários?

Fraga: Sim, nunca fui de esquerda, sempre acreditei na propriedade privada e que era errado iniciar agressão contra outras pessoas, mas me considerava um liberal. Em 2017 conheci o Bitcoin ao entrar na toca do coelho como dizem, acabei estudando um pouco de economia Austríaca e uma coisa leva a outra, acredito que o ponto do qual não foi mais possível retornar e me tornei libertário foi após a leitura do livro Ética da Liberdade de Rothbard no início de 2019 mais ou menos.

GALT: Sim. Após ter acesso a conteúdos relacionados ao tema, tenho certeza de que sempre fui libertário, mas não tinha base teórica para afirmar isso.

O que é o Menor Minoria Podcast?

Fraga: É um programa quinzenal de bate papo geralmente entre eu o Galt e mais algum convidado no qual divulgamos as ideias que acreditamos poder ajudar a trazer uma reflexão sobre a importância de o indivíduo não deixar sua vida ser decidida por outras pessoas.

GALT: É um meio de propagar e debater ideias em defesa da liberdade individual.

Temos entrevistas quinzenais com pessoas que defendem a liberdade individual, onde elegemos um tema e desenvolvemos a conversa.

Qual objetivo desse programa?

Fraga: Me divertir e trocar conhecimento entre os entrevistados e ouvintes.

GALT: É propagar ideias ligadas a defesa da liberdade individual. Além disso, a intenção é me divertir e aprender.

Como tem sido a experiência de vocês como apresentadores?

Fraga: Eu encaro como uma oportunidade de me aprimorar nesta área e me divertir, acredito que está dando certo.

GALT: Está sendo uma oportunidade de desenvolver habilidades de comunicação, aumentar o círculo de conhecidos que defendem a liberdade individual e também tenho aprendido muito com os entrevistados.

Até agora quais foram os programas que vocês mais gostaram?

Fraga: Sinceramente não consigo apontar um, mas confesso que me divirto mais quando estou escutando o episódio após a gravação do que durante, onde tenho que me preocupar em tentar manter o foco no tema.

GALT: Não consigo apontar nenhum, todos foram muito bons e recomendo aos leitores que conheçam nosso trabalho.

Se vocês pudessem entrevistar uma pessoa (qualquer uma) quem vocês gostariam de entrevistar e por que essa escolha?

Fraga: Se estivesse vivo eu gostaria de entrevistar o Murray N. Rothbard e perguntar para ele o que ele acrescentaria ao livro “O que o governo fez com o nosso dinheiro?” após a criação do Bitcoin?

GALT: Gostaria de entrevistar Ayn Rand e perguntar se o mundo atual está parecendo com descrito em a Revolta de Atlas.

Peço por gentileza que deixem uma mensagem para quem está nos acompanhando

Fraga: Gostaria de citar duas frases que se complementam, a frase do Hayek: “A liberdade não se perde de uma vez, mas em fatias, como se corta um salame” e a outra do Thomas Jefferson: “O preço da liberdade é a eterna vigilância”.

GALT: Deixo o seguinte entendimento sobre o que é liberdade:

Liberdade é o indivíduo poder tomar decisões e agir arcando com todas as consequências que as mesmas possam gerar, sejam essas positivas ou negativas.

O limite é a vida, liberdade e propriedade de outro indivíduo, porém, a ameaça deve ser direta e clara, sem suposições.

  • A Gazeta Libertária agradece a participação de vocês e desejamos sucesso para o canal.

Fraga: Eu que agradeço, foi um prazer participar.

Galt: Para mim foi uma excelente oportunidade. Sucesso para o Gazeta Libertária também!

APOIE GAZETA LIBERTÁRIA

Contamos com a generosidade de nossos doadores para tornar tudo isso possível. Desejamos publicar nosso conteúdo diariamente para todos, semeando o libertarianismo. Apoie nosso grupo de escritores. 

CONTRIBUIR

spot_img

CONFIRA