Líbano desvaloriza sua moeda em 90%. Snowden acredita que Bitcoin pode resolver isso

Bitcoin pode consertar problema financeiro do Líbano, afirma Snowden

O Líbano está adotando uma nova taxa de câmbio oficial, desvalorizando sua moeda local em quase 90%. A nova taxa está fixada em 15.000 libras libanesas contra um dólar americano. A informação vem de um relatório de 31 de janeiro de 2023, que citou uma declaração do diretor do banco central do país, Riad Salameh.

Isto marca uma mudança significativa em relação à antiga taxa de 1.507 libras libanesas por dólar. A moeda oficial libanesa estava indexada ao dólar com essa taxa desde 1997.

Salameh declarou que os bancos comerciais no Líbano “verão a parte de seu patrimônio que está em libras libanesas diminuir” uma vez que a nova taxa de câmbio oficial seja implementada. Ele acrescentou que, para cessar o impacto do novo desenvolvimento, os bancos teriam cinco anos “para reconstituir as perdas devidas à desvalorização”.

Problemas financeiros do Líbano

A libra libanesa começou a desvalorizar em 2019 devido à grande crise econômica do país, que perdura há anos. Outro motivo é à probabilidade de seu governo não cumprir com as obrigações da dívida nacional, que já venceram.

Em uma tentativa de enfrentar a crise financeira paralisante do país, os bancos libaneses restringiram o livre acesso dos cidadãos comuns às suas economias em dólar. No entanto, tal medida piorou a situação.

A decisão de desvalorizar sua moeda está em consonância com um projeto de acordo alcançado com o Fundo Monetário Internacional (FMI) no ano passado. A ideia é a de que a medida poderia permitir ao país receber um resgate da organização para enfrentar sua crise financeira. Entretanto, não se espera que a mudança resolva um dos aspectos mais cruciais da situação – limitar o acesso dos cidadãos às suas economias em dólares.

O Bitcoin pode consertar isso?

Enquanto o FMI ofereceu uma ajuda forçando o país da Ásia Ocidental a desvalorizar sua moeda oficial para resolver sua crise de liquidez, o bitcoin (BTC) poderia ter oferecido uma solução melhor ao proporcionar alguma proteção para a desvalorização e a perda de liquidez da moeda libanesa. Isto é o que o popular denunciante e proponente do BTC – Edward Snowden – sugeriu anteriormente.

Em um tweet, ele publicou:

“sussurros bitcoin conserta isto”

O bitcoin tem um suprimento limitado de apenas 21 milhões de unidades, com mais de 90% de seu suprimento máximo já em circulação. Devido à oferta limitada, os libaneses não precisam se preocupar com notícias como a desvalorização do BTC por parte do governo.

Além disso, devido à sua natureza descentralizada, o bitcoin poderia trazer moeda estrangeira para os libaneses, sem dinheiro, que lutam por soluções bancárias alternativas, sem passar por uma instituição financeira.

Artigo escrito Mandy Williams, publicado em Crypto Potato e traduzido e adaptado por @rodrigo

Quer aprender mais sobre Bitcoin e outras críticas? Então clique aqui e leia nosso guia essencial sobre o assunto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lula imposto sobre o Bitcoin
Criptomoedas

Governo Lula quer aumentar para 22,5% os impostos para todos os usuários de Bitcoin no Brasil

O governo Lula anunciou que pretende aumentar os impostos para todos os usuários de criptomoedas em até 22,5%. Segundo o governo, a proposta não é criar um novo imposto, mas aumentar ainda mais as taxas para os usuários que possuem criptoativos. A ideia é ‘fechar o cerco’ com àqueles que estão usando criptoativos para driblar […]

Leia Mais
Halving do Bitcoin
Criptomoedas

O halving do Bitcoin está cada vez mais próximo, com menos de 2.900 blocos restantes

No momento, restam menos de 2.900 blocos até o próximo halving do Bitcoin. Para compreender o conceito de halving, é bom entender primeiro como surgem os novos bitcoins, principalmente por meio do processo de mineração de bitcoins. Isso envolve entidades, conhecidas como mineradores, que validam blocos repletos de transações que aguardam confirmação. Em sua busca […]

Leia Mais
União Europeia ALM Criptomoedas
Criptomoedas

Novas leis contra lavagem dinheiro da UE visam transações em criptomoedas

Como parte das novas leis contra lavagem de dinheiro, o Parlamento da União Europeia proibiu carteiras de criptografia de autocustódia não identificadas para transações na região. A proibição tem como alvo as transações anônimas em dinheiro que excedam € 3.000 e as carteiras de auto-custódia em várias plataformas. Em uma publicação recente nas redes sociais, […]

Leia Mais