Lula envia ao Congresso PL com regras para motoristas de app

Lula Uber 99

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou, nesta segunda-feira (4), o projeto de lei que regulamenta o trabalho dos motoristas de aplicativos. As novas regras, que valem apenas para o transporte em veículos de quatro rodas, foram enviadas ao Congresso, onde aguardam sua aprovação.

A cerimônia de assinatura do projeto foi realizada no Palácio do Planalto, as 15h. A cerimônia contou com a articipação do o ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho (PT), que foi autor do projeto, além de representantes da categoria e de empresas como Uber e 99.

O texto foi encaminhado em regime de urgência ao Congresso Nacional. Com isso, a Câmara dos Deputados e Senado Federal terão 45 dias, cada um, para analisar o projeto.

Entre as alterações previstas no texto, estão o estabelecimento de uma remuneração mínima de R$ 32,09 aos motoristas e limite de carga horária diária, de até 12 horas. O horário será contabilizado a partir da primeira viagem aceita pelo profissional — o pagamento será feito por hora trabalhada e não por “hora logada”.

Além disso, segundo minuta da proposta, os motoristas deverão recolher 7,5% de contribuição à Previdência Social sobre o salário.

A ideia inicial era a de que fosse estabelecido vínculo empregadíticio entre os apps de carona e os motoristas. No entanto, a proposta foi excluída do texto.

Em nota, a Uber mostrou satisfação com a proposta apresentada por Lula. Tal satisfação pode ser devido a possibilidade aumentar as barreiras de entrada para futuros concorrentes do ramo? Possivelmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vietnã
Economia

Como o capitalismo venceu o socialismo no Vietnã

Phung Xuan Vu, de oito anos, e seu irmão de 10 anos foram responsáveis por buscar comida para sua família, que estava em constante aperto de fome. Eles viviam no Vietnã na década de 1980, então isso exigia cartões de racionamento. Um dos bens mais importantes da família era um livreto de vales-alimentação. Como a […]

Leia Mais
Argentina
Economia

Ação Humana em seu 75º aniversário nos ajuda a entender como o estatismo dizimou a Argentina

O septuagésimo quinto aniversário do livro Ação Humana de Ludwig von Mises nos convida a refletir sobre as conquistas acadêmicas de Mises e como a corrente econômica dominante ainda não alcançou seus avanços na economia. Como Jesus Huerta de Soto aponta em seu estudo preliminar para a versão em espanhol da décima terceira edição de […]

Leia Mais
Tomate
Economia

Saboreie o gosto da Independência, cultive-a você mesmo!

Cultivar os seus próprios tomates pode ser muito mais gratificante do que o doce sabor da sua colheita. Os benefícios adicionais tradicionais fazem com que muitos de nós regressem estação após estação. Se é um jardineiro, conhece a grande sensação de agir diretamente sobre a natureza para produzir os alimentos que come. Cultivar tomates leva-o […]

Leia Mais